in ,

ENTREVISTA: Wanessa Camargo conta detalhes de seu novo single e clipe “Loko”

Wanessa Camargo está pronta para ficar “loka”! Isso porque nesta sexta-feira, 9 de novembro, a cantora lançará seu novo single “Loko”, que já vai chegar acompanhado de um super clipe. Como adiantamos aqui ontem, o POPline acompanhou Wanessa nas gravações do vídeo e pode constatar que esta é a produção mais cinematográfica de sua carreira. Nos bastidores, entre uma cena e outra, Wanessa tirou alguns minutos para conversar com a gente e nos contou mais detalhes sobre “Loko”, uma música diferente de tudo que ela já lançou, e sobre o clipe, que tem a assinatura do jovem e talentoso diretor Felipe Sassi.

Pouco radiofônica, “Loko” é aquela música um pouco mais difícil de ser compreendida, não é um “chiclete” que você escuta e já sai cantando, mas Wanessa garantiu que esta foi a característica que a fez se apaixonar pelo single:

“Eu ouvi milhares de músicas com os produtores César e Dudu Borges e quando ouvi ‘Loko’, que estava bem diferente do que ela está hoje, ela já bateu. Gostei e achei muito interessante. A partir daí, Dudu e César enlouqueceram na produção. Eu dei carta branca pra eles fazerem a coisa mais louca, porque eu queria sair do comum,” disse ela. “Eu estou em uma fase da minha carreira em que já me dou a liberdade de não ficar procurando algo que já está no mercado, que já foi feito. Então, o que mais me interessa é sempre inovar e trazer coisas diferentes e que tenham a ver com o que eu quero passar e falar agora. É uma música super divertida, não tem uma grande mensagem, mas ainda assim casa com ‘Mulher Gato’, que já falava em liberdade sexual da mulher. Ela continua na mesma vertente, mas na produção ela traz algo que me interessa muito. Uma linguagem e uma sonoridade diferente, que não é comercial.”

Apesar de pouco comercial, como Wanessa mesmo disse, “Loko” é quase que uma aposta da cantora para as baladas, para a noite. Se assim for, este é um lugar onde ela sempre se fez presente com sucessos como “Amor, Amor”, “Sticky Dough” e “Shine It On” – e agora a parceria com Francinne, “Tum Tum” – que são sempre lembrados pelos DJs.

“Essa é uma música muito da noite, da balada. Porque quando eu ouço essa música no meu fone, automaticamente eu danço! Eu não consigo ficar parada, ela me intriga! Ela é difícil para o rádio, porque as sonoridades são diferentes mesmo, e talvez ela choque um pouco quem está habituado a ouvir os mesmos timbres. Mas eu vejo ela muito na noite, acho que ela consegue captar essa loucura da noite e é claro que ela também funciona muito com imagem; por ter essas loucuras na sonoridade, ela nos dá imagens loucas!,” explicou Wanessa.

Quando se trata de imagem, “Loko” promete. No roteiro elaborado por Wanessa Camargo e pelo diretor Felipe Sassi (que assinou “Jogando Sujo”, de Ludmilla, “Ginga”, de IZA, “Não Nega”, de Mateus Carrilho, “Bumbum no Ar,” de Lia Clark e Wanessa, entre outros), as referências de cinema são inúmeras – elas vão de Stanley Kubrick a Quentin Tarantino e Robert Rodriguez, passando por David McNally. Outros clipes de cantoras e girlbands do pop também serviram como referência para esta produção, que contará uma história com início, meio e fim.

“Quando essa música apareceu, automaticamente me veio na cabeça ‘O Iluminado’, do Kubrick. Lembrei daquele cara que vai ficando louco. Não me prendi muito a letra, pensei mais no geral. Então me perguntei como a gente poderia fazer isso, essa transformação, e tive a ideia de pensar nos caras, no homem, como objeto – ao contrário das mulheres, que já são tratadas assim há muito tempo. Foi aí que o Sassi entrou com outras ideias e me trouxe a referência de ‘Um Drink No Inferno’, do Tarantino, onde mulheres maravilhosas viram monstros e os caras, na tentativa de escapar delas, ficam loucos. Então essa foi a brincadeira. Eu vou virar uma vampira no clipe e tou amando haha.”

Além de virar vampira de verdade, com direito as presas, Wanessa ainda aparecerá em algumas cenas com um visual inspirado no sadomasoquismo, com muitas argolas, correntes, e roupa de vinil; neste momento ela estará dentro de um frigorífico gigante, recheado de homens pendurados como pedaços de carne! Ao longo do clipe e da história, ela também irá contracenar com uma cobra de verdade, que pesa trinta quilos, e irá protagonizar uma cena em uma ambiente de “saloon”.

“Loko” será lançado nesta sexta-feira, mas Wanessa já nos adiantou que há muito mais por vir. “Tem muita música para chegar ainda! A gente já está com o trabalho todo formatado, para depois dessa já lançar mais coisas.” Sobre novas parcerias, ela não confirmou nomes, mas disse que muitas passam pelo seu imaginário. “Não gosto de falar porque ainda não fiz convites para algumas pessoas. Outras eu já convidei, mas vou guardar o segredinho até lançar. Por enquanto vamos focar na parceria com a Lia Clark, com a Francinne e em minha nova música. Ano que vem tem mais novidade.”

Fotos: Hyan Pereira e Alexandre Pio

Escrito por Mari Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cheryl lançará single com performance no “X Factor UK”, diz site

Simone e Simaria voltam aos palcos em Recife ainda em novembro; saiba mais!