in ,

Lollipop: Eminem melhor que Jay-Z + Rihanna juntos?

Apresentando o duelo

Jay-z e Eminem são dois dos oito concorrentes ao prêmio de melhor do ano de 2009 do do FuseTV. Para ir pra final, eles precisam duelar com mais um, e a dupla daz vez é a dos rapppers (entenda tudo aqui). De um lado do ringue, Eminem – sozinho com seus fantasmas que NUNCA vão embora. Do outro, Jay-Z. Mas esse foi mais esperto. O marido de Beyoncé não está sozinho (não que isso seja uma novidade), e traz dessa vez Rihanna e o Lobo Mal (Kanye West) com ele. O vencedor desse duelo, vai ter que estar preparado para todas as roupas ponte-agudas de Lady Gaga em Poker Face ou para o chicote de Britney Spears com Circus(leia aqui o Lollipop sobre a disputa delas). Confira o quadro da parte “pop” do prêmio:

lolliopop_fuse

3 da Manhã x Quem manda no pedaço

Vamos começar de acordo com nosso alfabeto para não ter confusão: Eminem é um daqueles rapazes que teve uma vida difícil devido aos seus problemas familiares e que não esquece disso JAMAIS. Apesar de ter começado a carreira com um single que diz “Eu não ligo pra nada” (Just Don’t Give A Fuck de 98), a verdade é que ele não só liga, como persegue. São 11 anos de clipes com reclamações intercaladas por paródias da cultura pop – da qual ele mesmo acaba por fazer parte. Em “3 a.m” não vemos nada diferente do que ele sempre fez.

EminemJAYZLollipop No vídeo, Eminem está no meio de um pesadelo da série “A Bruxa de Blair”. O rapper acabou de escapar de uma rehab e está disposto a matar tudo que tentar pará-lo, isso no vídeo, claro. Antes que me perguntem, a parte interessante está no fato de ele ter gravado o clipe ás 3 da manhã (mesmo nome da música), na cidade de Detroid, e que o lançamento aconteceu em salas de cinema da rede Cinemark, nos Estados Unidos, como “trailer” do filme “The Strangers”. A produção teve intenções cinematográficas, assim como em seu concorrente.

“Run This Town”, que enfrenta “3 AM”, é um vídeo inspirado nas favelas brasileiras e rebeliões africanas, segundo Anthony Medler, diretor da obra. Em entrevista ao Examiner.com, ele conta que a idéia era basicamente de se rebelar e mostrar aos americanos o que é viver em um lugar onde o caos domina a ordem (como no Brasil, segundo ele). No fim das contas, o vídeo não afetou em nada nosso país e nem a África, que continuam do mesmo jeito. Além disso, a idéia de servir de vitrine de moda para o pessoal do tráfico brasileiro não funcionou (#bigfail).

Como a imagem dos artistas acaba contado mais que suas produções em votações como essa, será que a positiva Rihanna anulará Kanye, ajudando assim o Jay-Z a vencer? Até agora parece que não, pois Eminem está na frente. Quer mudar a situação? Vote gostoso clicando aqui!

Escrito por Redação POPLine

6 Comments

OMG: Dançarino de Britney Spears cai do trapézio durante apresentação na Austrália

Em parceria com Eva Simons, Chris Brown entra no clima do eletrepop