Taylor Swift e Damon Albarn. Foto: Twitter
in ,

Taylor Swift rebate declaração de Damon Albarn sobre seu trabalho como compositora

“Eu escrevo todas as minhas próprias músicas”, escreveu ela no Twitter

Hora de réplica. Taylor Swift rebateu, nesta segunda-feira (24), o músico Damon Albarn, após ele deaclarar publicamente, em recente entrevista ao “Los Angeles Times”, que ela não escrevia suas próprias canções. O fato, claro, repercutiu e não passou despercebido pela cantora, vencedora de 11 Grammy Awards. No Twitter, a estrela, de 32 anos, mostrou sua indignação.

Taylor Swift explica o nome "From the Vault" nas músicas
(Foto: Divulgação)

Leia Mais:

“Damon Albarn, eu era uma grande fã sua até ver isso. Eu escrevo TODAS as minhas próprias músicas. Sua declaração sensacionalista é completamente falsa e MUITO prejudicial. Você não precisa gostar das minhas músicas, mas é muito fod* tentar desacreditar minha escrita”.

Vale lembrar que Taylor levou o prêmio de Compositora Ícone da Associação Nacional de Autores de Músicas dos EUA (NMPA, na sigla em inglês), em junho de 2021, por seu trabalho como letrista. Visivelmente incomodada com as declarações de Damo, a estrela, de 32 anos, debochou em outra publicação no microblog: “PS: Eu escrevi esse tweet sozinha caso você esteja se perguntando”.

Mias cedo, Damon, que é vocalista das bandas Blur e Gorillaz, causou polêmica ao afirmar que eSwift não escreve realemtne suas músicas. Para ele, co-escrever é algo bem diferente – essa confusão seria algo “tradicionalista” no conceito de composição.

Na entrevista, eles estavam falando de bons compositores e o conceito do que é realmente uma boa música. Foi aí que o entrevistador soltou o nome de Taylor Swift como um exemplo positivo, mas ele não concordou.

Foto: Divulgação

Isso não conta. Eu sei o que é co-escrever. Co-escrever é muito diferente de escrever”, disse Albarn. “Não estou odiando ninguém, só estou dizendo que há uma grande diferença entre um compositor e um compositor que co-escreve. Não significa que o resultado não possa ser realmente ótimo”, soltou ele.

Albarn ameniza citando ícones que não são compositores: “E alguns dos maiores cantores – quero dizer, Ella Fitzgerald nunca escreveu uma música em sua vida. Quando eu canto, eu tenho que fechar meus olhos e apenas estar lá. Acho que sou um tradicionalista nesse sentido“, comentou.

Da nova geração, ele elogia Billie Eilish: “Uma compositora realmente interessante é Billie Eilish e seu irmão. Estou mais atraído por isso do que por Taylor Swift. É apenas mais sombrio – menos infinitamente otimista. Muito mais íntimo e estranho. Acho ela excepcional”.

Escrito por Leonardo Rocha

No BBB22, sisters reclamam de Pedro Scooby não jogar: “Só pipoca”

BBB22: Audiência da primeira semana supera edições anteriores