Foto: BBC 1
in

Phoebe Bridgers é processada por produtor musical que alega difamação

Em ação judicial, o reclamante, Chris Nelson, pede a quantia de 3.8 milhões de dólares, mais de 20 milhões de reais.

O tempo fechou para Phoebe Bridgers. A cantora está sendo processada pelo produtor musical Chris Nelson, do Sound Space Studios, que afirma que Bridgers o acusou falsamente de comportamento abusivo em outubro do ano passado.

Nelson, produtor radicado em Los Angeles, nos Estados Unidos, nunca foi creditado em nenhum dos trabalhos lançandos por Phoebe Bridgers, porém ele alega que a artista “usou intencionalmente sua plataforma pública de alto perfil no Instagram para publicar declarações falsas e difamatórias” sobre ele “a fim de destruir sua reputação”. No processo que corre em justiça, o reclamante pede a quantia de 3.8 milhões de dólares, mais de 20 milhões de reais, de indenização.

parceria Taylor Swift
Foto: The Sunday Times Style

Segundo a revista People e a NME, a ação judicial, movida no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, detalha que houve envolvimento de nível íntimo entre as partes. Nos autos do processo constam informações de que Chris Nelson e sua ex-namorada Emily Bannon tiveram “encontros sexuais consensuais” com Phoebe Bridgers em 2018. De acordo com o produtor musical, Nelson e Bannon chegaram a se separar em 2019, mas ele manteve seu relacionamento com a cantora.

Chris Nelson também afirma que, em 2020, Phoebe Bridgers escreveu em seu perfil no Instagram que ela “testemunhou e pôde verificar pessoalmente muito do abuso perpetuado por Chris Nelson”. Nelson, por sua vez, classificou esses comentários como “declarações falsas e enganosas”.

Na ocasião da publicação, a artista também encorajou seus seguidores a irem até o perfil de Emily Bannon, onde a mulher também fazia declarações contra o ex-namorado Nelson. Bannon acusou o produtor musical de “crimes de ódio com motivação racial” que incluíam “espancar um jovem latino até a morte”. Além disso, Emily Bannon ainda afirmou que Chris Nelson “hackeou contas de e-mails de mulheres” e participou de “atividades fradulentas”.

Leia mais:

Finalmente, no processo movido por Chris Nelson contra Phoebe Bridgers, ele alega que as reivindicações foram feitas “maliciosamente e intencionalmente” e como parte de uma “vingança” que Bridgers e Bannon tinham contra ele. Nelson abriu um processo semelhante contra Bannon em dezembro do ano passado, também acusando-a de difamação.

Phoebe Bridgers ainda não comentou o ocorrido.

Escrito por Mari Pacheco

Expulso de “A Fazenda”, Nego do Borel procura Boninho para “BBB”

John Mellencamp e Bruce Springsteen unem forças no clipe de “Wasted Days”