Britney Spears: advogados de pai e mãe se pronunciam
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)
in ,

Parentes de Britney Spears revelam histórico de abusos na família

O caso envolvendo a tutela de Britney Spears e a relação abusiva da cantora com o seu pai, Jamie Spears, abalou a pequena cidade de Kentwood, na Louisiana, onde a artista foi criada. O The New York Post publicou uma matéria com relato de diversos moradores do local.

Jamie tem boas referências entre seus vizinhos. A maioria dos relatos sobre ele são positivos e dizem que o pai da estrela do pop é uma boa pessoa. A história toma rumos diferentes quando a reportagem conversa com John Mark Spears e Leigh Ann Spears Wrather, meios-irmãos de Jamie. Ambos relatam um histórico familiar controverso e de abusos às mulheres.

Leia mais: 

Pai e mãe de Britney Spears. Foto: Twitter

A avó de Britney, Emma Jean Spears, morreu aos 31 anos. A causa da morte para os noticiários, para a polícia e os demais cidadãos é suicídio, mas John e Leight Ann não estão convencidos disso. O falecimento teve uma quantidade incomum de atenção, mesmo estampando a primeira capa do jornal local.

Eles contaram ao jornal que seu pai costumava internar suas esposas em hospitais psiquiátricos e dopá-las com lítio, mesma droga que Jamie deu à Britney, de acordo com o relato da cantora ao Tribunal de Los Angeles.

Mansão de Britney Spears foi vasculhada em busca de escutas e câmeras

“Ele arruinou Emma Jean e arruinou minha mãe [Jo Ann, falecida. Ele despachava os dois para Mandeville [o antigo hospital psiquiátrico do estado] de vez em quando. Portanto, não estou muito surpreso com o que Jamie fez com Britney. É tudo uma questão de controle com os homens Spears”, disse Mark.

Wrather, hoje com 54 anos, conta que saiu de casa aos 16 anos depois de ser abusada sexualmente por seu pai desde os 11. “Eu nunca voltei, exceto para visitar algumas vezes”, contou ao The Post. “Tenho lidado com isso minha vida toda. Ele costumava nos alinhar, crianças, e nos chicotear. Íamos à igreja onde meu pai era diácono e no caminho para casa ele me fazia espancá-lo. Espero que ele esteja queimando no inferno.”, relatou a tia de Britney.

Leight Ann relata que seu pai fez da vida de sua mãe um inferno.

“Ele a internou em Mandeville algumas vezes e administrou lítio. Quando soube que Britney recebeu lítio por um tempo, quase não pude acreditar, mas fez sentido. Típico para esta família e como eles tratam suas mulheres.”

 

Escrito por Douglas Françoza

MC Mirella sofre ataque em show e momento é registrado em vídeo

Filho de Michael Jackson comenta comparações do sucesso de Drake com o do seu pai