piada engraçada da Lorde
Foto: CBS
in ,

Lorde terá seu próprio programa de TV? É só brincadeirinha!

Cantora terá semana especial no “The Late Late Show”,

Atualmente, algumas cantoras estão ganhando programas na televisão, como Kelly Clarkson e Demi Lovato. Seria o caso da Lorde? Na verdade, tudo não passou de uma piada do James Corden em seu programa “The Late Late Show“, exibido pela CBS.

Para divulgar seu álbum “Solar Power“, a cantora vai passar a semana toda aparecendo no programa. Por isso, foi feito uma piada que a atração se tornaria o “The Lorde Lorde Show”, com Lorde como apresentadora e Lorde como convidada musical.

Como parte de uma esquete, James Corden ficou revoltado que ele foi substituído e a cantora apareceu para mostrar que é ela quem manda.

Assista:

Brincadeiras à parte, Lorde começou a semana fazendo uma incrível performance de “Solar Power“, que é o primeiro single do álbum. Com um vestido em roxo e amarelo, ela recriou um cenário bem praiano dentro do estúdio. Ficou bem legal!

Leia Mais:

Lorde reflete sobre fama repentina: “Queriam beber minha juventude”

Assim como muitas estrelas da música pop, Lorde impactou a indústria muito jovem, aos 16 anos, logo que “Royals”, seu primeiro single, foi lançado, em 2013. De lá para cá, a cantora amadureceu até chegar a era “Solar Power”. Mas tudo foi fruto de uma longa jornada. Em entrevista ao Sunday Times , a australiana falou sobre o impacto de ter tido uma fama repentina, ainda adolescente.

“Não é normal. Meu primeiro single foi tão grande. Eu pensei: ‘isso simplesmente acontece’. Lembro, repetidamente da sensação de sentir que as pessoas queriam beber minha juventude. Um pouco de elixir! As pessoas ficavam tipo, ‘Dê para mim!’ Eu senti, ‘Deus, isso é sobre você.’ Eu estava ciente do que minha juventude estava fazendo com as pessoas, mas eu só queria ser realmente boa (na música)”.

Lorde. Foto: Twitter

Agora, com 24 anos, Lorde compartilhou que ela se sente mais madura do que sua idade permite. Ser uma jovem estrela em ascensão a obrigou a criar responsabilidades desde muito cedo. E conta um fato curioso e íntimo sobre sua relação com os colegas de infância.

“Cresci muito nos anos desde que me tornei famosa. Muitos dos meus amigos da escola me descrevem como uma mãe ou avó. Sou a velha amiga deles. Mas o problema do meu trabalho é que eu posso jogar. Então, de certa forma, você está imortalizado. Os amigos deixam isso caixa de areia. Sempre serei uma criança por causa do que faço”.

Tanto que a pressão por emplacar tantos singles no topo das paradas teve um efeito rebote, fazendo com que Lorde, na verdade, optasse por estar mais offline. “Para mim, sempre tive um pouco de desconfiança ou certeza de que iria acabar. Sou significativamente menos famosa do que quando tinha 16 anos, mas é exatamente assim que gosto”, declarou ao jornal britânico.

E toda essa angustia da fama e os altos e baixos da adolescência fora refletidos de forma profunda no álbum “Melodrama”, de 2017. Embora aclamado pela crítica, o disco reflete uma fase dolorida da artista, hoje, solar.  “Quando o Melodrama foi lançado, eu tive este momento de ser, ‘Ah, eu não vou ser sempre o #1 por nove semanas”, disse, sem deixar o desabafo.

Lorde não está nem aí para nº1 na Billboard
(Foto: Reprodução / YouTube)

“Eu escutei ‘Melodrama’ recentemente e pensei: ‘Garota, você estava estressada. Este foi um momento muito tenso para você’. E foi. Lembro-me de fazer turnê e ser tomado pela angústia todas as noites. Foi muito difícil, para ser sincera, viver assim durante um ano “, explicou.

Escrito por Caian Nunes

Johnny Rotten perde processo sobre músicas dos Sex Pistols em série de TV

Felipe Andreoli libera pre-venda do álbum “Resonance”