in ,

Lorde tem a melhor estreia da carreira com “Solar Power”

Além disso, o disco figura entre os seis melhores lançamentos femininos de 2021

A era good vibes de Lorde chegou e parece que tem agradando os fãs da cantora, viu? É que o álbum “Solar Power”, lançando nesta sexta-feira (21), debutou no Spotify Global com mais de 11,472 milhões de streams, apenas em seu primeiro dia. O marco se torna a maior estreia da dela na plataforma de música, além de ocupar a sexta posição entre os álbuns femininos de 2021.

E os feitos não param por aí, na Apple Music, a estrela australiana emplacou quase todas as músicas do disco no Top 50 da plataforma. A primeira faixa do disco, “The Path”, está entre a mais executada, garantindo o #11 dos hits. Na sequência, a dominação Lorde continua com “Mood Ring”, em 12º lugar, “Solar Power”, em #18 e “California”, na 19ª posição.

Nestas primeiras 24h de lançamento, “Fallen Fruit”, arrematou o #23, “SatNS”, na 29ª posição, “Secrets from a Girl”, em #31, “The Man with the Axe”, na #39 e “Dominoes”, em #43 e fechando o Top 50 da Apple Music Anas “Big Star”, em #50. Apenas “Oceanic Feeling” (#54). “Leader” (#60) estiveram fora do ranking, porém ocupando posições de destaque na plataforma. Já no Spotify, apesar da grande estreia, ela só emplacou o novo single no Top 50 Global.

Nesta sexta-feira (20), a cantora ainda promoveu uma performance no Central Park de “Solar Power” e “Fallen Fruit”, para o “Good Morning Amrica”, programa de TV da ABC. 

Lorde lançou seu álbum novo, “Solar Power”, nesta sexta (20/8) e caiu nas graças dos críticos especializados. O disco estreou com nota 70 (de 100) no site Metacritic, que compila críticas profissionais. Das 16 críticas publicadas até o momento, nove foram positivas e sete foram mistas.

A revista NME deu cinco estrelas para “Solar Power“. “O terceiro álbum da estrela da Nova Zelândia continua sua sequência de vitórias, enquanto ela abre caminho pela paisagem pop com uma bela homenagem à natureza”, publicou o veículo.

Lorde não está nem aí para nº1 na Billboard
(Foto: Reprodução / YouTube)

O jornal inglês The Guardian conferiu quatro estrelas para o álbum. “Contrariando outra tendência do pop atual, é claramente um álbum projetado para ser ouvido na íntegra, em vez de uma coleção de fiaxas para selecionar para playlists”, escreveu o crítico do veículo.

Escrito por Leonardo Rocha

Internacional: Anitta pode cantar em premiação na quinta-feira

Anitta revela que lançamento de novo álbum “vai ser uma surpresa”

Paulo Vaz, Colunista POPline.Biz é Mundo da Música

Opinião: Vamos nos concentrar?