Foto: reprodução/ @joshuabassett Instagram
in ,

Joshua Bassett relata como se sentiu ao sofrer ataques homofóbicos

O rosto de Joshua Bassett estampa a nova edição da Attitude Magazine, divulgada nesta quarta-feira (12). Em entrevista à publicação, o cantor voltou a falar sobre a sua sexualidade após revelar que se sentia atraído por garotos durante uma entrevista à Clevver News, em maio deste ano, e comentar abertamente o assunto para a GQ estadunidense no mês seguinte.

Foto: reprodução/@joshuabassett Instagram

Embora prefira não se definir como nenhuma das letras da sigla LGBTQIA+, o astro da Disney relatou como foi receber comentários homofóbicos pela primeira vez:

Fui submetido a muita homofobia pela primeira vez. Eu pareço ‘hétero’ para todo mundo que conheço, e eu tive que ver isso em primeira mão. Ver isso colocou as coisas em perspectiva, de quão longe ainda estamos. Achei que estivéssemos muito mais evoluídos do que estamos”, contou Bassett, que também ressaltou as mensagens positivas que recebeu:

“No outro lado de tudo isso estão as respostas que recebi de pessoas dizendo: ‘Nunca ouvi alguém colocar em palavras exatamente como me sinto’ ou, ‘Muito obrigado por me ajudar a ser visto’. , ‘Eu não posso ser quem eu sou perto da minha família, mas por causa de você me sinto um pouco mais seguro, um pouco mais em casa’.“

O cantor também falou sobre como pretende transformar o ódio que recebe em força para lutar por pessoas que sofrem por não terem uma voz ativa na sociedade:

“As pessoas podem me odiar para sempre e dizer a coisa mais desagradável possível, mas não mudará nada, porque você precisa se manter firme e encarar essas pessoas como um defensor de todas as pessoas sem voz.”

Leia mais:

Para Joshua Bassett, falar da sexualidade foi fácil

Falar que tinha um crush por Harry Styles foi a maneira de Joshua Bassett contar para o mundo que faz parte da comunidade LGBTQIAP+. O recado foi reforçado por uma carta aberta divulgada logo após a repercussão do assunto. “É engraçado que isso tenha sido uma das coisas mais fáceis que já fiz, e também a mais libertadora”, contou para a Attitude.

“Eu não planejava falar sobre nada disso, e então chegou um ponto em que ficou maior do que eu, e sabia que tinha que reconhecer isso. Eu escrevi a declaração em menos de cinco minutos. Saiu tudo de uma vez e eu pensei ‘sim, vamos postar’. E me senti muito bem com isso. Nunca olhei para trás”, completou.

Joshua Basset conta quem foi seu primeiro crush
(Foto: Reprodução / Attitude)

Na carta, Joshua Bassett não definiu com qual letra da sigla LGBTQIAP+ se identificava: “por que se preocupar apressando-se em chegar a uma conclusão?”. Na entrevista, ele falou sobre isso novamente.

“Não existe resposta certa quando se trata de sua sexualidade ou de sua identidade sexual. Você decide a resposta. Então, se você ainda não sabe, pronto. É isso e está OK. Não deixe ninguém te falar que você tem que decidir qualquer coisa, saber qualquer coisa ou descobrir qualquer coisa. A vida é grande e muda também. Você pode mudar ao longo da vida. Não coloque pressão em si mesmo para descobrir isso porque ninguém realmente consegue descobrir. Todo mundo está fingindo, mas, você sabe, todos nós estamos inventando conforme avançamos”, disse.

Escrito por Douglas Françoza

MARINA confirma versão deluxe do “Ancient Dreams in a Modern Land”

saúde mental debilitada

Giana Mello se afasta das redes sociais por crises de ansiedade