banner com link para rádio globo
Britney Spears e Jamie Lynn. Foto: Twitter
in ,

Através de advogado, Jamie Lynn responde pedido de Britney Spears para não citá-la em seu livro

Pedido de Britney foi feito através de seu advogado.

A crise na família Spears parece não ter fim. Depois de finalmente se livrar de todos os problemas com seu pai e ganhar sua liberdade de volta, Britney Spears agora está em disputa pública com sua irmã, Jamie Lynn, que respondeu ao pedido da cantora de não citá-la em seu livro, “Things I Should Have Said”, lançado nesta semana.

Britney Spears diz que irmã pintou o cabelo como Christina Aguilera para atingi-la

Foto: Getty Images

Leia mais:

Através de seu advogado, Bryan Freedman, Jamie Lynn respondeu à carta de Cessar e Desistir protocolada por Britney e seu advogado, Mathew Rosengart, alegando que tal pedido não segue a lei e que, se eles tivessem lido o livro, saberiam que não é sobre Britney, mas sim sobre as próprias experiências e traumas de Jamie Lynn na família Spears.

O site TMZ teve acesso à resposta de Jamie Lynn ao pedido de Britney e de seu advogado.

Confira a resposta completa:

Resposta de Jamie Lynn Britney Spears
Foto: TMZ
Resposta de Jamie Lynn Britney Spears
Foto: TMZ

Querido Matt,

Eu represento Jamie Lynn Spears em relação à carta de Cessar e Desistir datada de 17 de janeiro de 2022, sobre seu livro intitulado “Things I Should Have Said” (o “Livro”).

De uma maneira inicial, em sua carta você alega que Britney vai agir de “forma superior”. Entretanto, hoje mesmo sua cliente postou alegações perversas nas mídias sociais sobre Jamie Lynn. Essas incluem, mas não são limitadas a, alegações do tipo que Britney deveria “ter dado um tapa no seu rosto e no de mamãe!!!” e “batido em você” e “batido muito em você”. Como você sabe de posts anteriores nas redes sociais, Jamie Lynn teve seus filhos violentamente ameaçados e nós não temos dúvidas que esses nos posts intimidadores e ameaçadores nas redes sociais irão levar à ameaças similares de violência. Para ser claro, posts nas redes sociais que incluem bullying cibernético que causam ameaças de morte para Jamie Lynn e sua família, não é nem “agir de forma superior” nem nada que nós iremos tolerar.

Foi também desapontador ver sua Carta estampada em toda a mídia, já que com certeza beneficiaria todas as pessoas envolvidas e seus respectivos filhos se houvesse um fórum privado para tentar reparar qualquer queixas.

Sua Carta alega que o Livro de Jamie Lynn é potencialmente ilegal, difamador, enganador e tem alegações ultrajantes nele, ainda assim você admite que nem você e nem sua cliente na verdade leram qualquer parte do Livro. Francamente, é impossível entender o que você está pedindo para minha cliente Cessas e Desistir de fazer já que a Carta falha em especificar qualquer ilegalidade.

Sua alegação que Jamie Lynn não tem direito de contar sua história não é somente insensível mas não apoiada pela lei. Jamie Lynn é um membro da família Spears. Sua Carta ignora um fato crítico: Jamie Lynn sofreu através de suas próprias experiências e seu próprio trauma. Se você tivesse tirado um tempo para ler o Livro antes de mandar sua Carta, você saberia que o Livro não é sobre Britney, mas sim sobre as próprias experiências de Jamie Lynn crescendo na mesma família e descrevendo como era a vida para ela como parte daquela família.

De fato, mesmo onde Britney é citada no Livro, ela é descrita como uma irmã gentil, apoiadora e protetiva, a quem Jamie Lynn olhava como uma segunda mãe. Como você e sua cliente sabem bem, Jamie Lynn cresceu em uma família onde ela era constantemente silenciada e nunca foi permitida ter uma voz. Enviar uma Carta tentando restringir seu direito e habilidade de falar a verdade, apenas retraumatiza a principal ferida que ela sofreu durante toda sua vida.

Como vocês também sabem, Jamie Lynn não queria nada mais que ajudar sua irmã em qualquer forma que ela pudesse e oferecer a ela o mesmo amor e apoio que sua irmã deu a ela quando ela era jovem. Novamente, se você tivesse lido o Livro, você perceberia as incríveis similaridades compartilhadas entre as duas irmãs e suas experiências.

Jamie Lynn espera que não haja mais publicações ou cartas inflamatórias enviadas para a mídia. Além de contar a verdade e negar as alegações contra ela, como uma mãe, Jamie Lynn precisa proteger seus filhos e não pode continuar a se submeter a ameaças de morte e outras publicações insinuando violência física contra ela e sua família. Jamie Lynn apoia Britney e como sempre, ela espera que ela possa ter a cura, paz e liberdade que ela merece.

Escrito por Kavad Medeiros

BBB22: Maria canta música que fez sobre romance que não deu certo

BBB22: Mion diz que Tadeu tem que ser mais parecido com Leifert