Foto: divulgação
in ,

Hits natalinos invadem o Top5 do Spotify EUA e tiram Adele do topo

A temporada natalina chegou com tudo nos Estados Unidos e a prova disso é a última atualização da parada diária de músicas mais executadas no Spotify USA. Adele que, desde o lançamento de “Easy On Me” no dia 19 de novembro, ocupava a primeira posição da parada, cedeu o lugar ao clássico “White Christmas“, de Irving Berlin e interpretado por Bing Crosby, Ken Darby Singers, John Scott Trotter & His Orchestra.

Leia mais: 

A música temática escalou 36 posições no ranking diário da plataforma. Outro clássico também se destacou e apareceu na quarta colocação. É claro que estamos falando de “All I Want For Christmas Is You”, de Mariah Carey. Enquanto a canção de Berlin recebeu 1,336,399 de streams, o hino da “rainha do natal” foi executado 925,886 vezes.

Mariah Carey, a “rainha do natal norte-americano” (Foto: Divulgação)

Easy On Me” recebeu 1,106,576 de streams e está em segundo lugar. Taylor Swift tem a terceira música mais executada na plataforma com “All Too Well (10 minute version)“, parte do álbum “Red (Taylor’s Version)”. “Industry Baby”, de Lil Nas X e Jack Harlow, fecha o Top 5 com pouco mais de 920 mil streams.

Adele deve ter a melhor estreia de álbum do ano nos EUA, mostram prévias

Até houve quem duvidasse do poder de Adele de vender milhares de discos após anos sem lançamentos, mas a cantora britânica é um sucesso comercial inegável mesmo não tendo participado ativamente da transição para a era dos streamings. “30“, o seu novo álbum, deve estrear no topo da Billboard 200 com os melhores números do ano nos Estados Unidos.

Leia mais: 

De acordo com o Hits Daily Double, a artista vendeu 837.943 cópias de seu novo projeto. Deste número impressionante, outra informação extraordinária: cerca de 678.872 cópias foram relativas a venda de álbuns físicos e digitais, excluindo os streams que as músicas receberam nas plataformas de áudio – a equivalência desses correspondem a pouco mais de 152 mil cópias.

Taylor Swift deve ocupar a segunda colocação na parada estadunidense, com cerca de 168,819 equivalentes de sua regravação do álbum “Red”.

Escrito por Douglas Françoza

Divulgação/Instagram

Instagram explica como funciona o algoritmo para conteúdos virais

Por uma boa causa, P!nk pede ajuda a Cristiano Ronaldo pelo Twitter