Foto: Reprodução / Instagram (@wearenlm)
in ,

Eventos gratuitos de rock viram pregração após entrada da banda NLM

Com direito a caixão de LED e tudo!

Dois eventos gratuitos de rock em São Paulo e no Rio de Janeiro com as bandas Scalene e Sebastianismos se transformaram em pregação religiosa e ninguém entendeu nada. Isso porque o terceiro grupo envolvido, chamado NLM, de emo gospel, fez uma encenação de cunho religioso no palco, mas nenhum dos presentes parecia esperar por algo do tipo.

LEIA MAIS:

O problema é que ninguém sabia que essa banda era religiosa, nem os próprios produtores dos eventos. “Não tinha ideia do cunho religioso. Não foi me falado nada. Inclusive, nas redes da banda o caráter religioso não está explícito”, explicou ao portal G1 o cantor Sebastian, líder do Sebastianismos.

O produtor carioca conhecido como Luciano Tomarock utilizou seu Instagram oficial para se manifestar a respeito. “Para todos que se sentiram afetados, confusos e com gatilhos pesados com as encenações da banda sobre suicídio e depressão, nos desculpamos imensamente”, disse.

Foto: Jay Wennington

Caixão de LED

O cantor Sebastian subiu ao palco em seguida. Ele diz que ficou espantado com o show:

“Pisei no Carioca Club, decidi dar uma espiada na banda, eu vejo um caixão de LED no palco, uma pregação com tradução simultânea”.

Foto: Rodrigo Gianesi
Foto: Rodrigo Gianesi

Segundo ele, também houve um desentendimento entre a banda e o Scalene, que se estendeu até a área do backstage. “Eu tinha cinco minutos para entrar no palco e eu não entendi nada. Tanto que quando entrei, perguntei se alguém conseguia explicar o que tinha rolado.”

Ele conta que em nenhum momento, durante as negociações da contração, foi falado que se tratava de uma banda gospel.

Ele também disse que chegou a procurar um pouco sobre a NLM, mas não encontrou nada de caráter religioso. “Eu não tenho nada a ver com essa história. Em pleno 2022 eu tenho que dar explicação na internet que eu não tenho nada a ver com essa parada.”

Sebastian afirma que parte da plateia deixou o espaço por causa da NLM, mas que seu show aconteceu normalmente.

Os caras do Scalene, que tocaram antes da pregação, fizeram um pronunciamento em seu Instagram: “É indignante como ninguém estava ciente do que aconteceria nos shows. Os responsáveis pela casa também não. Sabíamos que a banda tinha uma mensagem religiosa, mas foi omitida. Pedimos desculpas aos fãs.”

NLM pede desculpas

Na manhã desta quarta (22), o perfil oficial do NLM no Instagram abordou o tema. Em português, a banda chamou a situação de “controvérsia”, disse que entende “que muitas pessoas se sentiram traídas e enganadas pela mensagem” do show. O grupo ainda pediu desculpas repetidamente, declarou que estão “sempre procurando formas para crescer” e que estão “disponíveis para qualquer um que queira ter uma conversa respeitosa”.

Confira a declaração da banda na íntegra abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por NLM (@wearenlm)

Escrito por Magda Pinheiro

Kelly Clarkson emociona cantando “Anyone”, de Demi Lovato

Michael Jackson vivo? Vídeo viraliza e fãs enlouquecem