in

Digital Music News analisa  a remuneração do TikTok aos criadores de conteúdos

Para o site, pagamentos do “Fundo para Criadores” do TikTok caíram pela metade devido ao aumento de usuários na plataforma

Foto: Unsplah/Solen Feyissa

O Fundo para Criadores de US$ 200 milhões do TikTok é uma maneira de apoiar os criadores de conteúdo. No entanto, de acordo com a análise do site Digital Music News, na prática é diferente. O primeiro anúncio foi em julho de 2020, quando a empresa disse que usuários qualificados receberiam um valor mensal por seu envolvimento no aplicativo. Contudo, ainda segundo o site, a plataforma não definia o número base necessário de seguidores para ser qualificado para ganhar a remuneração. 

Leia Mais:

TikTok cria assinatura mensal para monetizar criadores de Lives
Digital Music News analisa a remuneração do TikTok aos criadores de conteúdos. Foto: Unsplash

O Digital Music News aponta um episódio de fevereiro do podcast Waveform do MKBHD, no qual o criador de conteúdo do TikTok, Hank Green, discutiu como o programa evoluiu nos primeiros dois anos de disponibilidade. Green diz que seus próprios pagamentos caíram de 0,05 centavos de dólar para 1.000 visualizações para 0,025 centavos. O motivo é porque há mais criadores na plataforma atualmente. Ou seja, o Fundo para Criadores de US$ 200 milhões não está sendo complementado.

Fundo para Criadores: o começo

As inscrições para o Fundo para Criadores foram abertas em agosto de 2020, com a promessa de que o TikTok distribuiria US$ 200 milhões de dólares em fundos ao longo daquele ano e o financiamento teria o aumento para US$ 1 bilhão nos próximos três anos.

De acordo com o Digital Music News, àquela altura, o  Tubefilter procurou saber se a comunidade TikTok sentiu ou não que o Fundo Criador valia a pena. Em um primeiro momento, a resposta foi que alguns criadores de conteúdo que aderiram ao programa relataram  uma  diminuição das visualizações  após a adesão.  A empresa, no entanto, negou que aqueles que ingressaram no programa teriam tido uma queda no engajamento.

“É definitivamente um equívoco. Aderir ao fundo não afeta o desempenho de seus vídeos. O sistema de recomendação TikTok e o Fundo Criador são dois sistemas totalmente separados que nem interagem entre si”, disse Stephanie Hind, gerente de talentos e operações do TikTok, ao Tubefilter

Ainda na análise do Digital Music News, ao contrário do que foi dito por Tubefilter,  alguns criadores relataram US$ 0,02 a US$ 0,04 de receita por 1.000 visualizações (RPM). Isso significa que o “TikToker médio” não  enriquecerá com o Fundo Criador do dia para a noite. No entanto, os usuários que têm milhões de visualizações podem ganhar mais de 100 mil dólares. 

 

Escrito por Duda Monnerat

Linn da Quebrada canta “Amor Amor” no “Altas Horas”; assista

“Top Gun: Maverick” ultrapassa US$ 1 bilhão na bilheteria mundial