in

YouTube lança novo espaço para compositores e produtores

A plataforma criou uma página com o objetivo de impulsionar as criações de compositores, produtores e suas equipes

Foto: Viktor Szabo/Unsplash

O YouTube lançou O espaço dos compositores no YouTube”  em junho. A página é destinada para compositores, produtores e suas equipes prosperarem na plataforma. Segundo o site da Billboard, o anúncio foi feito pelo gerente de parcerias de publicação de música da empresa, Eric Knapp, durante um painel na A2IM Indie Week, em Nova York.

Foto: Reprodução/YouTube

Leia Mais:

De acordo com a Billboard, a iniciativa está disponível em todo o mundo em 20 idiomas e pretende ser um espaço educacional “sob medida” para criadores de música e aqueles que trabalham no setor editorial. O objetivo do YouTube é ensinar sobre como usar a plataforma para fins promocionais.

“O espaço é para o compositor, produtor e engenheiro de mixagem começar a crescer e manter sua própria discografia digital no YouTube”, disse Knapp ao site da Billboard.

Eric Knapp, gerente de parcerias de publicação de música do YouTube. Foto: Reprodução/LinkedIn

As guias do espaço dos compositores no Youtube

As guias do espaço dos compositores  incluem páginas de discussão como  “compositores e produtores”, “editores e sociedades”, “dicas privilegiadas”, “estratégias de conteúdo” e informações sobre a nova iniciativa de vídeo vertical de formato curto do YouTube Shorts – a resposta da empresa ao crescimento do TikTok e do Triller.

Segundo o site da Billboard, o  YouTube enfatizou que os canais não são apenas para artistas que publicam seu próprio conteúdo, mas também são úteis para outros criadores de música. 

O site da Billboard apontou que Knapp enfatizou que os compositores e produtores, que trabalham com uma variedade de artistas, podem criar “prateleiras” digitais em seus próprios canais com as gravações compiladas. 

O gerente de parcerias de publicação de música do YouTube deu como exemplo o produtor James Fauntelroy que, ainda de acordo com o site, durante a apresentação do A2IM, mostrou como ele pode criar um canal com prateleiras personalizáveis ​​intituladas “licenciamento de sincronização”. Com isso, conseguiu apresentar anúncios e programas usando o seu trabalho ou uma “discografia visual” para apresentar videoclipes das músicas que ele participou da produção.

Outras iniciativas do YouTube

Além disso, ainda de acordo com o site da Billboard, o YouTube destacou o lançamento de outras iniciativas para editores como CREDITS, que consiste em uma série mensal de playlists que destaca o trabalho de hitmakers da atualidade. Nela, estão incluídos Quincy Jones, Nija Charles, Starrah e Tainy, entre outros. Também há o Black Voices, a nova turma anual de produtores e compositores negros de vários gêneros.

“Dada a escala de nossa plataforma, sabemos que o YouTube tem uma enorme responsabilidade de apoiar momentos culturais”, disse Kristine Mbadugha, gerente de desenvolvimento de negócios e parcerias de gravadoras independentes do YouTube.

Kristine Mbadugha, gerente de desenvolvimento de negócios e parcerias de gravadoras independentes do YouTube. Foto: Reprodução/LinkedIn

Escrito por Duda Monnerat

Shakira pode fechar acordo com a Receita espanhola, diz jornal

Anitta recebe Shania Twain nos bastidores de show na Suiça