banner com link para rádio globo
PSY e Suga. Foto: Reprodução de vídeo (YouTube)
in ,

Suga, do BTS, fala da importância de PSY para o K-Pop: “Pavimentou o caminho”

Recentemente, os dois colaboraram juntos na faixa “That That”

Encontro de gerações! Não é novidade que a novo música de  PSY, “That That”, conta com a produção de ninguém menos do que SUGA, do BTS. A faixa marca o retorno do cantor sul-coreano aos holofotes, após cinco anos de seu último lançamento. Apesar do hiato, o membro do grupo K-Pop prova que acompanha o trabalho do colega de perto e declarou gratidão por sua trajetória.

PSY SUGA That That
Foto: Instagram (@42psy42)

Leia mais:

A música saiu há apenas uma semana e já tem quase 15 milhões de streams no Spotify, e seu videoclipe já teve mais de 100 milhões de visualizações. Um verdadeiro sucesso. Provando o grande alcance do dono do mega hit “Gangnam Style”, assim como o de Suga, que já conquistou diversos hits na Billboard Hot 100 através das músicas do BTS.

Mas antes que o grupo K-Pop mais famosos do planeta pudessem fazer tando sucesso, PSY teve que pavimentar esse caminho, lá nos anos 2000. Em entrevista ao canal do YouTube de seu novo colaborador, Suga deu o crédito a PSY para essa explosão que se tornou o gênero musical.

“Ele sempre foi alguém por quem eu era grato”, diz Suga. “Com ‘Gangnam Style’, ele pavimentou o caminho para o K-pop nos Estados Unidos para que pudéssemos seguir seus passos com facilidade”, reconheceu o artista.

É verdade que “Gangnam Style” foi um reconhecimento cultural em toda a indústria da música, preparando o palco para outros artistas de K-Pop se destacarem nos países ocidentais. Afinal a canção conquistou o segundo lugar no Hot 100, e seu videoclipe se tornou o primeiro da história a atingir 1 bilhão de visualizações no YouTube.

PSY SUGA BTS That That
Foto: Divulgação

“Fiquei em segundo lugar no Hot 100 da Billboard por sete semanas seguidas”, disse PSY“Pensei que chegaria primeiro com minha próxima música – mas nunca veio. Eu queria que alguém alcançasse o primeiro lugar. O BTS fez meu desejo se tornar realidade”, completou.

A dupla também falou sobre como o artista de 44 anos serviu como mentor para Suga na nova faixa colaborativa. “Quando começamos a ganhar força nos Estados Unidos, em 2017, ele era alguém que eu realmente queria conhecer”, acrescentou SUGA. “Achei que seria ótimo receber alguns conselhos quando estivesse passando por um momento difícil”, disso o membro do BTS.

Escrito por Leonardo Rocha

“Agora é Inimigo”, diz Nahim sobre Hadson Nery no “Power Couple”

Jessi consegue quitar dívida após BBB22: “Glória, aleluia!”