Shawn Mendes mostra vulnerabilidade no clipe "It’ll Be Okay"
Foto: Island Records
in ,

Shawn Mendes mostra vulnerabilidade no clipe “It’ll Be Okay”

Música fala sobre fim do namoro com Camila Cabello.

Nós vamos conseguir passar por isso? Isso vai doer?“. É assim que Shawn Mendes começa a música “It’ll Be Okay“, talvez a mais sincera e vulnerável de sua carreira. O tema da música é evidente: o fim de seu relacionamento com Camila Cabello. Eles decidiram juntos que continuariam amigos, mas que o relacionamento romântico não daria mais certo.

Shawn Mendes mostra vulnerabilidade no clipe "It’ll Be Okay"
Foto: Divulgação

Leia Mais:

No clipe, Shawn Mendes reflete seus sentimentos. Apesar de não ter sido um término traumático, o sentimento nunca é bom. Existe a solidão, o aperto no coração, a mudança de perspectiva do futuro, a saudade… Por isso ele anda pelas ruas de Toronto (no Canadá, onde nasceu) em baixo da neve. Está frio, está solitário, mas na maioria das vezes é melhor encarar esses sentimentos de frente.

“Começo a imaginar um mundo onde não colidimos
Está me deixando doente, mas iremos nos curar e o sol nascerá”

“It’ll Be Okay” foi lançada no começo de dezembro, mas só agora ganha um clipe – um movimento diferente do que anda sendo feito na indústria do entretenimento, onde as músicas têm um tempo de vida útil menor. Essa é uma música importante para o cantor, já que ele sente que está se reconectando de forma íntima com os fãs.

O clipe foi dirigido por Jay Martin, o mesmo de “Stitches“, “Mercy“, “There’s Nothing Holdin’ Me Back” e “In My Blood“.

Assista ao clipe:

Recentemente Shawn Mendes explicou o motivo pelo qual está afastado das redes sociais. Ele assume que é um momento difícil. Por isso, ele prefere se recolher para uma reflexão.

“Estou passando por um momento difícil e apenas meio que estou tentando lidar com isso. Mas tenho muitas pessoas me enviando vídeos e me contando o que está acontecendo”, disse ele.

Ele continua: “Eu acho que quando eu faço música, o objetivo final é ficar sentado lá e ter minha própria verdade revelada para mim. Muitas vezes, quando estou escrevendo músicas, estou usando a música como uma plataforma para conseguir chegar a um lugar dentro de mim que eu não seria capaz de chegar apenas falando com as pessoas ou pensando sobre isso”.

Escrito por Caian Nunes

Ouça “Forgotten”, primeiro lançamento do Korn em 2022

“Barbie”: confira a capa e novas fotos de Rebecca, Lexa, Pocah e Danny Bond