in ,

Sandy fala sobre turnê no ano passado: “eu fui muito feliz, mas eu não sou aquela pessoa”

Sandy particpou do quadro Três Perguntas no canal de Marcos Mion (Foto: Reprodução)

Sandy participou do quadro Três Perguntas, do canal de Marcos Mion, no YouTube. Na conversa, que tem mais de uma hora de duração, a cantora falou, entre outros assuntos, sobre maternidade e como não se realiza mais com a vida atribulada de shows como a que viveu no ano passado, na turnê Nossa História, ao lado do irmão Júnior. “Eu não sou aquela pessoa”, declarou.

LEIA MAIS

>>> TikTok monta estratégia com gravadora para viralizar clássico de Sandy & Junior
>>> Sandy & Junior crescem mais de 500% na Deezer
>>> Álbum ao vivo de Sandy & Junior entra em paradas de downloads em outros países

No início da conversa, Mion quer saber da cantora como ela lidou com o fim da dupla aos 24 anos. Sandy explica que não costuma ser impulsiva em suas decisões e que passou bastante tempo buscando o que ela queria.

“Eu estava precisando me reinventar como artista. Eu precisava de um momento de recolha. Eu queria ser menor e escolhi isso. Aquilo que eu vivia já não estava mais me alimentando como artista”, recorda.

A cantora falou, contudo, que mesmo fazendo terapia desde os 18 anos, essa não foi uma decisão fácil. “Era muito medo. Eu fiquei apavorada. Eu perdi metade do meu cabelo, fiquei com muito medo”, disse.

Sandy contou que ela e o irmão, Júnior, passaram um mês pensando sobre o assunto antes do anúncio oficial da separação. “Foi uma decisão bastante maturada”.

Longe da rotina Pop

Mion também quis saber como Sandy reagiu ao movimento inverso de reviver com o irmão o sucesso da dupla. “É muito maluco. Foi muito nítida a diferença”, comentou sobre o aumento do assédio após o anúncio do retorno temporário.

A cantora disse que 2019 foi um ano bem especial, mas que ela não sente falta da rotina de uma estrela pop, por exemplo.

“Eu espero não passar a impressão errada. Eu sou extremamente grata, extremamente realizada. Toda minha história, minha trajetória, eu fui muito feliz cantando com meu irmão. Eu fui muito feliz na turnê do ano passado, mas eu não sou aquela pessoa”, disse.

Sandy justificou que a experiência foi interessante, mas que que está bem feliz em poder voltar à carreira solo.

“Deu pra ver: eu me diverti, eu corri pro abraço, pô, eu meu joguei de verdade, assim, foi muito legal. Foi interessante saber que eu ainda sei ser aquela artista. Eu tava com muito medo de novo, assim como no momento lá atrás em que eu fui ser a Sandy solo, ano passado me deu muito medo. Me questionei será que eu sei ser essa artista pop e subir no palco com banda, com led, holofotes e gente esperando?”

Para ela, foi maravilhoso entender que ainda tem essa versatilidade como artista. “Ainda tenho essa veia pop, se eu quiser explorar. Foi uma experiência muito rica e um aprendizado enorme. Mas eu tava louca pra voltar pra isso aqui. Estou muito feliz em poder voltar a ser só seu”, concluiu.

Veja a entrevista completa!

Escrito por Victor Arris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rihanna registra marca de utensílios de cozinha, como garfos, facas e colheres

Aos 90 anos, Elza Soares revela ser viciada em animes: "Sou otaku". Foto: Patrícia Lino

Aos 90 anos, Elza Soares revela ser viciada em animes: “Sou otaku”