(Foto: GQ Korea)
in ,

RM, do BTS, atualiza fãs sobre sua saúde após contrair Covid-19

Ele, assim como Suga e Jin, testou positivo para doença na semana passada

Nesta quarta-feira (29) RM, líder do BTS, recorreu ao Weverse, plataforma que permite a comunicação entre artistas e fãs, para atualizar os ARMYs sobre seu estado de saúde. Ele, assim como Suga e Jin, contraiu Covid-19.

(Foto: GQ Korea)

Leia mais:

Depois do Natal a Big Hit Music emitiu uma declaração oficial anunciando que os integrante do grupo de K-Pop foram diagnosticados com a doença. Todos eles foram vacinados e o único a apresentar sintomas até o momento foi Jin. No entanto, a agência garantiu aos fãs que todos eles estavam em quarentena e recebendo tratamentos.

Ainda assim, os ARMYs estão em alerta, afinal, a Covid-19 é um vírus muito sério e na Coreia do Sul mais de 5.300 pessoas morreram. Por conta disso, através de um post, RM escreveu, usando em emoji sorrindo:

“Eu estou muito bem. Não se preocupe muito!”.

Desde então, ele também tem postado suas fotos restantes de sua viagem aos Estados Unidos no Instagram — bem como algumas fotos sensuais de seu ensaio para a Vogue Korea e GQ Korea.

RM, do BTS, fala sobre a pressão de representar a Coreia do Sul

RM, líder do BTS, abriu o jogo sobre a pressão que sentiu ao representar seu país, a Coreia do Sul, na Assembleia Geral da ONU neste ano. O grupo de K-Pop marcou presença no evento em Nova York, no qual falaram sobre a importância da vacinação contra Covid-19, e, em entrevista para Vogue Korea, o artista de 27 anos de idade refletiu sobre a experiência.

Questionado se o papel do BTS como representante do país limitava sua música ou se era fonte de inspiração e novas oportunidades, RM declarou: “Todas essas coisas”.

Às vezes representar a nação é ótimo e outras vezes pode causar muita pressão“, admitiu ele, antes de explicar a realidade de uma responsabilidade tão grande. “O que é certo é que este papel não é algo que conseguimos porque o procuramos e não é algo que vai embora só porque você quer“.

Apesar dos desafios, RM saudou a oportunidade que o grupo tem de se tornar a voz da Coreia do Sul e mais além:

“Acho que é meu destino aceitar como minha vocação e fazer um bom trabalho no que posso. Se eu tivesse que colocar  em palavras, diria que gostaria de viver minha vida pensando: ‘Este tipo de vida também é divertido’“, finalizou.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

K-Pop: Agência comenta suposto romance entre idols do LONNA e D1CE

Turnê de Olivia Rodrigo tem ingressos esgotados em poucas horas

Olivia Rodrigo lidera lista de álbuns femininos mais vendidos nos EUA em 2021