Escritor brasileiro mais lido internacionalmente, Paulo Coelho diz que BTS é: "Grupo mais importante do mundo". Foto: Divulgação
Escritor brasileiro mais lido internacionalmente, Paulo Coelho diz que BTS é: "Grupo mais importante do mundo". Foto: Divulgação
in ,

Escritor brasileiro mais lido internacionalmente, Paulo Coelho diz que BTS é “o grupo mais importante do mundo”

Paulo Coelho é o escritor brasileiro mais lido mundialmente. O seu best-seller, “O Alquimista“, é considerado um dos maiores fenômenos de literatura e já vendeu mais de 150 milhões de cópias, superando livros como “O Senhor dos Anéis” e O Pequeno Príncipe. Fã de BTS, o autor usou o seu Twitter, pedindo que pare o hate contra a banda e que o grupo é o melhor do mundo:

Escritor brasileiro mais lido internacionalmente, Paulo Coelho diz que BTS é: "Grupo mais importante do mundo". Foto: Divulgação
Escritor brasileiro mais lido internacionalmente, Paulo Coelho diz que BTS é: “Grupo mais importante do mundo”. Foto: Divulgação

“Para todos aqueles que estão sempre criticando o BTS, o grupo mais importante do mundo: por favor, assistam a alguns vídeos. Tenho certeza de que vocês vão mudar de ideia”.

Vale lembrar que em “Map of The Soul”, o BTS se inspirou no livro Jung’s Map of the Soul (Jung: O Mapa da Alma, em tradução livre), que é hoje reconhecido como uma das melhores introduções aos conceitos da psicologia analítica.

Carl Jung é o fundador da psicologia analítica, que propôs e desenvolveu os conceitos de personalidades introvertidas e extrovertidas e aprofundou o do poder do inconsciente. Dentre os conceitos de Jung há o de sincronicidade, que é muito presente em todos os livros de Paulo Coelho. Teria o autor brasileiro e o grupo BTS mais “proximidade” do que o que vemos? Fica aí um enigma para as ARMYs!

BTS lança nova e super divertida versão do clipe de “Dynamite”

Como se não bastasse o novo recorde histórico no YouTube, de clipe mais visto nas primeiras 24 horas com 101 milhões de visualizações, o BTS resolveu lançar mais uma versão do clipe de “Dynamite”, dessa vez focado na diversão de seus integrantes.

(Foto: Divulgação)

Recheado de erros de gravação e cenas super divertidas, a nova versão do clipe de “Dynamite”, chamada de “B-Side”, foi lançada nesta segunda-feira (24) e, no momento do fechamento dessa matéria, já ultrapassava 12 milhões de visualizações no YouTube.

Não vai quebrar recordes, mas com certeza vai ajudar o grupo sul-coreano nas paradas de streaming mundo afora.

Veja o clipe:

Recordes do BTS com “Dynamite”

De acordo com o site Soompi, especializado na cultura sul-coreana, o clipe novo do BTS tem pulverizado os números conseguidos pelo BLACKPINK com “How You Like That”. E “Dynamite” segue quebrando vários recordes com a rapidez que aumentam suas visualizações.

Confira os títulos:

  • 10 milhões de acessos mais rapidamente (em impressionantes 21 minutos)
  • 20 milhões de acessos mais rapidamente (em 1 hora e 14 minutos)
  • 30 milhões de acessos mais rapidamente (em 3 horas)
  • 40 milhões de acessos mais rapidamente (em 5 horas e 37 minutos)
  • 50 milhões de acessos mais rapidamente (em 8 horas e 16 minutos)
  • Maior estreia de clipe no YouTube: mais de 3 milhões de espectadores simultâneos

Sucesso no Spotify

A estreia de “Dynamite“ dominou o mundo na última sexta-feira (21). Um dia após o lançamento, saíram as atualizações das paradas do Spotify e o resultado não poderia ser melhor! O single pegou #1 entre as mais ouvidas da parada global.

Foram exatos 7.778.950 streams. Com isso, o BTS tem a melhor estreia do ano. Anteriormente, o pico tinha sido com “Cardigan“, da Taylor Swift, que conquistou 7,74 milhões.

O BTS também saiu bem colocado nas paradas das mais ouvidas do Spotify em outros países. O Brasil está incluso entre os países que mais deram streams para o grupo. O Top 5 foi Estados Unidos (1.8 milhão), Indonésia (590 mil), Índia (549 mil), Filipinas (503 mil) e Brasil (493 mil).

Escrito por Helena Marques

Rennan da Penha e Lexa dançam e se divertem no colorido clipe de “No Talo”

Poncho não está apoiando novas iniciativas do RBD?