Cancelado
Foto: Reprodução Instagram @negodoborel
in ,

Mesmo com escândalo, Nego do Borel ganha mais de 400 mil seguidores no Instagram

Público está atrás de polêmica.

O maior babado dos últimas dias é o escândalo entre Nego do Borel e sua ex-noiva, Duda Reis. Ela o acusa de um relacionamento extremamente abusivo, incluindo denúncias de agressão e estupro. Enquanto isso, o cantor viu seu Instagram subir repentinamente em seguidores.

Antes de estourar toda essa polêmica, Nego do Borel era seguido por 12,5 milhões de pessoas. Agora, na manhã desta sexta-feira, 15 de janeiro, está está com 12,8 milhões. Foram mais de 400 mil seguidores a mais.

escândalo
Foto: Instagram

Quem entende?

Muito se fala no cancelamento de Nego do Borel. Muita gente criou “ranço” é não quer mais consumir nada dele. Por outro lado, tem o fator curiosidade. O público quer ficar ligado para ver se ele publica outra coisa quando se trata do escândalo.

Anteriormente, ele expôs prints e áudios de Duda Reis para desmenti-la. Ele confirmou (de novo) a traição, mas negou ser um agressor. “Sim, eu traí e assumo. Essa foi minha contribuição para o fim do relacionamento”, declarou.

O funkeiro diz que o fim do noivado teve contribuições de ambas as partes e os dois haviam combinado de não expor isso ao público. “Vou manter minha palavra e não expor as contribuições dela, mas estou tendo que ser muito homem de vir aqui e fazer isso”, disse.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Nego do Borel 🎼🎤 (@negodoborel)

Por outro lado, sempre tem a “turma do contra”. Essas pessoas cismam em defender atitudes problemáticas – algo que já se vê na política. De fato, boa parte desses seguidores estão lá por essa finalidade.

Música circula na internet

Nego do Borel estava pronto para mandar um papo reto aos recalcados, antes mesmo de toda a confusão envolvendo o conturbado término com Duda Reis. Cheio de planos para retornar à cena musical, o funkeiro tinha o hit “Vai Pro Caralh*” pronto para seu debut, além de outro single com foco no mercado internacional. A questão é as músicas não serão mais lançadas oficialmente pelo cantor. O POPline teve acesso ao funk, e você conferi em primeira mão, apertar o play abaixo!

Mas por que os hits não serão mais lançados? A gente explica! A questão é que as músicas foram produzida pelos brasileiros Gabriel DeLuccaLucas Amad junto ao uruguaio Jei Cabo, nomes com possíveis pontes para o mercado latino. Além disso, o cantor planejava um retorno às suas raízes com um funk, feito com a ajuda dos mesmos profissionais.

Agora, tudo foi engavetado. É que os produtores citados só aceitaram trabalhar com Nego do Borel à pedido de Duda Reis, de quem são amigos. Além de noiva, a atriz tentou ajudar o cantor a voltar ao topo das paradas e ativou a sua rede de contatos.

Em novembro de 2020, publicamos que uma das estratégias de Nego para retornar a Billboard Hot 100, onde já esteve quando lançou sua parceria com Maluma, era o lançamento de algumas faixas com as mãos de produtores gringos e brasileiros. Naquele momento, as músicas ainda não tinham um título, nem uma data para lançamento.

O cantor rompeu o seu contrato com a Sony Music em dezembro de 2019 e enfrentou dificuldades durante 2020, ano em que foi impossibilitado de fazer show devido a pandemia. A rede de contatos de Duda Reis estava a disposição para ajuda-lo em seu retorno. Os planos foram cancelados, após escândalos sobre agressão e manipulação durante o relacionamento de três anos com a ruiva.

Escrito por Caian Nunes

Com foco no Nordeste, Xand Avião se torna empresário artístico

Cardi B no cinema

Cardi B fará seu primeiro papel como protagonista no cinema