in ,

Megan Thee Stallion comenta suposto tiro que levou de Tory Lanez

Em entrevista ao CBS Mornings

Foto: captura @CBSMornings (Twitter)

Megan Thee Stallion concedeu uma entrevista ao CBS Mornings que irá ao ar nesta segunda-feira (25). Em um teaser da conversa com a apresentadora Gayle King, a rapper comenta o incidente de 2020, em que o rapper Tory Lanez supostamente atirou nos pés dela após uma discussão na saída de uma festa na casa de Kylie Jenner, em julho de 2020.

LEIA MAIS: 

Foto: @torylanez @megantheestallion Insta

A rapper já abordou o assunto em suas redes sociais e em algumas músicas, mas é a primeira vez que ela o aborda em uma entrevista. No dialogo divulgado pela CBS, a dona de “Thot Shit” revela como o incidente aconteceu e volta a afirmar que Lanez mandou ela dançar enquanto atirava em seus pés. Ele chegou a ser preso duas vezes: a primeira logo após o tiro e a segunda por descumprir uma ordem de restrição da cantora.

O caso segue em julgamento e a próxima audiência está marcada para setembro.

Foi uma discussão porque eu estava pronta para ir e todo mundo não estava pronto para ir. Mas isso é, tipo, coisa normal de amigo“, disse Megan sobre o bate-boca que originou o caso. “Nós nos preocupamos com coisas bobas o tempo todo. Mas eu nunca coloquei minhas mãos em ninguém. Eu nunca levantei minha voz muito alto”, continuou.

“Então eu saio do carro e é como se tudo acontecesse tão rápido. E tudo o que ouço é esse homem gritando. E ele disse: “Dance, vadia”. E começou a atirar. E eu fico tipo, “Oh, meu Deus”

Foto: captura @CBSMornings (Twitter)

“Tipo, ele atirou algumas vezes. E eu – eu estava tão assustada”, disse a rapper. Gayle King pergunta de onde Lanez estava atirando e Megan diz que ele estava de pé, sobre a janela. “Eu não queria me mexer”, contou a artista.

 

Escrito por Douglas Françoza

Fantástico mostra maratona de Sabrina Sato para desfiles no RJ e SP

Com 65,76%, Eliezer é último eliminado do BBB22; final está formada