Foto: Reprodução / Instagram
in ,

Marido de Nicki Minaj é também seu empresário

Informação foi confirmada por meio de documentos judiciais recentes.

Kenneth Petty, marido e pai do primeiro filho de Nicki Minaj, está atualmente em disputa judicial contra o estado de Nova York para tirar seu nome do cadastro de agressores sexuais e em documentos recentemente acessados, a notícia é de que ele é também o empresário da rapper.

A estratégia de colocar Kenneth como empresário de Nicki Minaj é para burlar o toque de recolher e restrição de viagem imposta pelo estado de Nova York.

Nos documentos, é descrito que, como empresário de Nicki, Kenneth precisa viajar periodicamente dentro dos Estados Unidos e, claro, fora das horas impostas pelo toque de recolher.

Apesar de revelados publicamente agora, os documentos foram protocolados em julho de 2020.

Nicki Minaj e marido são processados após suposta ameaça

O nome de Nicki Minaj e seu marido, Kenneth Petty, foi parar no tribunal em um processo que já está acontecendo. Quem foi responsável pela denúncia foi uma mulher chamada Jennifer Hough, a mesma que foi a vítima na condenação de Petty em 1995 por tentativa de estupro.

Agora, ela alega que foi ameaçada pelo casal para não falar sobre o caso que aconteceu há mais de duas décadas. Ela afirma que a pressão deles foi tão grande que ela passou a ter problemas emocionais. As informações são do TMZ.

Leia mais:

Entenda o caso

A mulher alega que essas ameaça começaram em 2018, logo que os famosos começaram a namorar. Em certa ocasião, Nicki Minaj chegou a defender o marido e disse se retratado por essa história, mas Hough não concorda com isso.

Em março de 2020, depois que Petty foi preso por não se registrar como criminosa sexual, Hough afirma que Minaj tentou fazer com que ela retirasse suas alegações de estupro, oferecendo até que a levasse com sua família a Los Angeles para depor. Com a oferta rejeitada, ela alega que sofreu “um ataque violento de ligações e visitas não solicitadas”. Essa situação afetou até sua família.

A mulher alega Nicki contatou o irmão dela e ofereceu o valor de US$500.000 em troca de uma declaração retratando suas acusações de estupro contra Petty. Ela alega que foram enviados advogados em sua casa para tentar fazer pressão. Esse fato provocou um grande pânico e uma sensação de insegurança.

Para tentar se livrar do assédio, Jennifer Hough mudou até de casa em agosto do ano passado, mas o medo continua.

Portanto, o processo se trata de inflição intencional de sofrimento emocional, assédio e intimidação de testemunhas. Além disso, ela está processando Petty por agressão sexual relacionada à condenação de 1995.

Escrito por Kavad Medeiros

Jesy Nelson pode fazer performance de nova música no VMA

Previsão: Doja Cat deve alcançar o topo da Billboard 200