Karol Conká entrevista Ana Maria Braga
Foto: Globo
in ,

Karol Conká tem postura de arrependimento em entrevista no Mais Você: “tive atitudes péssimas”

Rapper se arrepende de ter entrado no BBB.

Como já é de costume, o eliminado da terça-feira no BBB vai ao programa “Mais Você”, da Ana Maria Braga, para tomar um café da manhã e comentar os acontecimentos do reality show. Nesta quarta-feira (24) foi a vez de Karol Conká, que saiu com recorde de rejeição, 99,17%.

Karol Conká teve uma postura de arrependida, a todo momento apontando seus próprios erros que cometeu e que pretende melhorar. Fora da competição, ela pode ter recebido orientação para seguir esse rumo para que, talvez, recupere a simpatia do público.

Sou a nova Carminha, Nazaré“, disse ela, se referindo a famosas vilãs de novelas da globo. “Eu pretendo melhorar. Essa vilã que surgiu não é real, até porque eu não teria conquistado tudo o que eu tenho“, afirmou.

Karol Conká arrependida
Foto: Globo

Durante a entrevista, ela fez caras e bocas vendo vídeos de seus momentos mais polêmicos. Ela parecia constrangida. Veja o que ela falou em tópicos.

Sobre o recorde de rejeição

Karol foi questionada sobre o motivo de sua rejeição recorde. Será que ela saiu porque pediu? Não é bem assim e ela própria admite.

“A culpa da minha saída foram minhas atitudes péssimas. Eu pedia para sair porque estava sentindo a dor do remorso e da culpa”.

Briga com Carla Diaz

Em uma crise de ciúmes, Karol Conká cismou que Carla Diaz estava flertando com Arcrebiano, seu affair na época. Foi o motivo para barraco, com várias afirmações polêmicas. Ela comentou: “Obviamente eu fiquei louca… É bem agressivo o jeito que eu falo. Eu realmente acreditei que estava acontecendo aquilo, não foi pra causar […] Infelizmente eu acabei explodindo e não aceitando o fato de estar sentindo ciúmes. É óbvio que isso é coisa de genda controladora […] Fui completamente boba, dissimulada”.

Sobre Lucas Penteado

Os momentos mais pesados de Karol Conká envolvem Lucas Penteado. Marcou o momento em que ela o expulsa da mesa na hora do almoço – atitudes desumanas. Ela comentou:

Ele me olhava com olhares estranhos e dizia coisas que eu não conseguia entender em tom baixo. Aí eu cheguei e perguntei para Lumena: ‘ele está falando demais na mesa’? Depois da festa, a gente já ficou com aquele alerta. […] Então eu cheguei já bem irritada e cheia de estresse, porque eu sabia que sentando ali ele forçaria um diálogo que ninguém estava querendo. Mais uma vez eu me passei e disse que daria na casa dele. Foi só uma forma bruta de dizer, eu jamais faria isso. Foi extremamente agressivo e petulante“.

Sobre Nego Di

Nego Di foi aliado de Karol durante o BBB, mas quando saiu ele se arrependeu e disse que foi manipulado pela rapper. Sobre isso, ela não concordou. “Ai Di, que horror. Todo mundo na casa sabe que isso grupo começou com Projota e Nego Di. Em nenhum momento eu usei ele.

Sobre a briga com Camilla de Lucas

Uma das últimas tretas com Camilla de Lucas. Ela acusou a influencer de ficar incomodada que tenha outra mulher preta na casa e queria mesmo esse barraco.

A gente conversou na festa. Ela entendeu o ponto que eu falei de não querer brigar, sobre não querer ver mulheres pretas brigando. Ali eu já estava irritada, porque teve a treta com o Gil, e eu quis tirar satisfação“, disse ela.

Ela ficou triste com a cena da Camila chorando. “Eu levei perturbação pra casa e fiz com que os outros ficassem tristes“.

Consequências do BBB

Durante a entrevista, Karol Conká afirmou que muitas atitudes da casa foram gatilhos que sofreu ao decorrer de sua vida “São traumas. […] Com Lucas, eu lembrava de momentos com o meu pai. Eu não aprendi a resolver as coisas com carinho. Eu não digo na família, mas fora, mesmo… No colégio e no trabalho, muitas vezes eu era recebido com rajadas. Acho que isso não justifica, isso são coisas minhas e eu ainda estou aprendendo a lidar”.

“Não é de bom tom eu chegar aqui fazendo a fortona sendo que eu estava bem vulnerável ali.

Briga com Gil

Gilberto perdeu o controle e quem começou toda essa situação foi Karol Conká, que “jogou a bomba e saiu correndo”. Ela afirma que não tinha a intenção de causar brigas.

Quando eu fui falar para ele, eu senti que ele ia ficar nervoso e decidi que não ia falar… Vou falar que ouvi de outras pessoas pra ele não ficar achando que era o Artgur. Gente, dá pra ver que a pessoa estava perturbada“.

Ela acabou admitindo que teve parte importante nessa intriga: “Virou uma contradição […] Eu que despertei isso“.

“A minha intenção não foi causar essa explosão. Não foi intencional. Se fosse, eu falaria aqui”.

Ela não vetou Sarah

Karol foi ao paredão por conta da indicação de Sarah. Ela teve a oportunidade de vetar a rival da prova do líder, mas acabou não vetando. Será que ela se arrepende?

Eu achei que seria injusto vetar a Sarah já que eu já tinha enviado para o paredão. […] Eu sabia que se ela ganhasse o líder, ela me botaria no paredão. Na verdade, ali eu já estava querendo sair, recebi informações externas e sentindo que o meu papel ali não estava sendo legal“, afirmou. “Quando eu não vetei a Sarah, eu achei que tinha aliviado meu coração“, completa.

Sobre desafeto com Juliette

Karol falou poucas e boas contra Juliette e ela foi questionada sobre isso: “Eu aprendi a gostar dela. Com o passar do tempo, isso foi se equilibrando. Hoje em dia a gente está de boa“.

Em certa ocasião, Conká foi acusada de xenofobia por ligar o jeito expansivo de Juliette com o fato dela ser nordestina. Ela nega que não gostava do sotaque: “nada contra, imagina… Eu acho incrível esse sotaque dela, nada disso. O que me irritava era ela falar muito alto e com coisas desconexas. Ela falava algumas coisas, mas não era aquilo que estava acontecendo“, explicou.

Sobre aliança com Lumena

Karol e Lumena foram carne e unha no BBB. Ela comentou: “Não tem como você estar ali naquela casa e não arquitetar relações. Então, aqui fora as pessoas acabam vendo isso de forma ruim, mas lá dentro não tem outro jeito“.

Conclusão

Por fim, Karol Conká disse que se arrepende de ter entrado no BBB: “Se eu soubesse que seria desse jeito, que eu entraria toda estragada lá dentro, eu não teria entrado. O Brasil não merece esse tipo de entretenimento. Minha família não merece passar pela situação que está passando agora, sendo ameaçada por pessoas sem noção. […] Estão passando dos limites e indo além do que estão passando na casa. Eu não cometi nenhum crime, eu me desiquilibrei e me descontrolei. Eu não sou o que eu mostrei lá dentro. […] Agora eu entendo que tenho sanidade o suficiente para encontrar ajuda psiquiátrica”. 

Confira trechos da entrevista no nosso Instagram:

Escrito por Caian Nunes

Karol Conká e outros 10 rejeitados da história do BBB; veja a lista!

De novo! Jungkook, do BTS, volta a surpreender com novo visual