HYBE processa autor e editora de livros sobre BTS
(Foto: Reprodução / Weverse)
in ,

HYBE processa autor e editora de livros sobre BTS

HYBE considera “concorrência desleal” usar materiais do BTS produzidos por ela.

A HYBE, empresa que engloba a BigHit Music e cuida da carreira do BTS, quer todos os direitos de tudo que envolve o BTS. Ela entrou com um processo na Corte do Distrito Central de Seul, na Coreia do Sul, contra o autor e a editora de livros não autorizados sobre o grupo de K-Pop.

Há vários livros sobre o BTS pelo mundo. As leis variam de acordo com cada país. No Brasil e nos Estados Unidos, editoras e escritores são protegidos pela liberdade de expressão, garantida por lei. Biografias não autorizadas, por exemplo, são publicadas o tempo todo.

(Foto: Reprodução Internet)

Leia mais:

Qual a reivindicação então?

Esse tipo de produto, no entanto, esbarra em outras questões legais. Por exemplo, o uso de imagens dos retratados. A publicação de fotos deve ser autorizada pelos fotógrafos ou detentores dos direitos autorais dela (se for uma agência, por exemplo). É nisso que a HYBE quer pegar a editora.

De acordo com o site KBIZOOM, a HYBE reivindica que todos os conteúdos sobre BTS são resultado de consideráveis investimentos e esforços. Por isso, não poderiam ser usados por terceiros, com fins lucrativos. A editora processada publicou quatro livros sobre o BTS e mais de 50% do conteúdo é de fotos, letras e entrevistas do grupo.

Veja o clipe mais recente do BTS:

Para a HYBE, esse material oficial não está disponível para uso livro de terceiros. A empresa acredita que publicar livros com conteúdo produzido por ela é uma concorrência desleal.

A editora processada não compareceu para prestar depoimento. Ainda assim, o juiz não aceitou o pedido da HYBE para proibir a comercialização dos livros imediatamente.

Escrito por Leonardo Torres

Quem é Luísa Sonza fora das câmeras?

Quem é Luísa Sonza fora das câmeras?

Perrengue: Lorena Simpson quase foi presa?!

Perrengue: Lorena Simpson quase foi presa?!