Cantora do Equador se manifesta sobre polêmica de plágio com BTS
in ,

Cantora do Equador se manifesta sobre polêmica de plágio com BTS

Nikki Mackliff lançou recentemente “Amor A Medias” e a capa da música chamou a atenção dos fãs do grupo de K-pop

Nikki Mackliff, uma cantora do Equador de 25 anos, teve seu nome envolvido em uma polêmica de plágio devido a sua recente música “Amor A Medias“. Fãs do BTS notaram que a capa da canção usa o mesmo logo do álbum “Love Yourself: Answer“, lançado em 2018 pelo grupo de K-Pop, o que levou a artista a se pronunciar.

Capa da música de Nikki Mackliff’s e do álbum do BTS. (Foto: Reprodução Internet)

Após grande repercussão dos ARMYs, Nikki Mackliff usou suas redes sociais na última quinta-feira (12) para esclarecer o ocorrido. Ela disse que sua equipe não sabia sobre álbum do BTS e afirmou que a capa já está sendo reformulada. Confira:

“Para todos os fãs do BTS, acho importante falar sobre o que está acontecendo …
Quero que vocês saibam que minha equipe e eu não tínhamos conhecimento da capa do álbum BTS.
Minha equipe já está trabalhando em novos desenhos.
Para todos o fandom do grupo, como artista respeito muito a arte e lamento ter causado isto.
Nos próximos dias estaremos fazendo ajustes para uma nova capa de ‘Amor a Medias‘.”

Nikki Mackliff’s publica longa mensagem sobre acusação de plágio com BTS. (Foto: Reprodução Internet)

Leia mais:

Entenda quais critérios o BTS exige em suas colaborações

Em uma recente entrevista para Weverse Magazine, Nicole Kim, líder da área de Artistas e Repertório (A&R) da Big Hit Music, revelou como o BTS decide quais canções e compositores eles querem trabalhar!

Em “Permission to Dance“, por exemplo, BTS tinha a intenção de transparecer através da música “boas vibrações, como energia positiva e esperança”. A ideia era passar uma mensagem edificante aos fãs em meio a pandemia da Covid-19.

A equipe da A&R escolheu especificamente compositores que não só poderiam transmitir esta mensagem, mas também teriam um som que se adequasse aos projetos anteriores do BTS. Ed Sheeran, por sua vez, se destacou e “Permission to Dance” conquistou o grupo.

K-Pop: BTS colabora com Ed Sheeran na música “Permission to Dance”. (Foto: Reprodução Internet)

“É um momento difícil para nós, mas deve haver muito mais pessoas passando por mais dificuldade e queremos dar às pessoas esperança à nossa maneira. Esperamos poder dar-lhes força de alguma forma”, explicou Nicole Kim.

Além disso, ela declarou que a decisão também envolve “quão bem os compositores entendem os artista“.

“Muitas pessoas são boas em escrever canções, mas a melhor canção é aquela de que adapta bem ao grupo e enfatiza suas qualidade”.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Green Day celebra a volta dos shows em novo vídeo “Pollyanna”

Digão (Raimundos) quer lançar 20 músicas autorais produzidas durante a pandemia