ENTREVISTA: Sandy estreia programa na HBO Max e projeta música e turnê para 2022
(Foto: HBO Max)
in ,

ENTREVISTA: Sandy estreia programa na HBO Max e projeta música e turnê para 2022

“Eu não sei se já nesse próximo projeto de estúdio, mas eu tenho a intenção de fazer um ‘Nós Voz Eles 2′”, diz Sandy.

Depois de quase dois anos inteiros em casa por contada pandemia, Sandy quer sair tanto quanto todo mundo. A cantora, que suspendeu todos seus projetos logo que o coronavírus chegou ao Brasil, em março de 2020, agora estuda o melhor momento para fazer seu retorno. Ela não esconde a saudade dos palcos e dos fãs. “Tô pensando em transferir meus planos de 2020, que não foram pra frente, para 2022. Quero fazer um projeto de estúdio primeiro e depois uma turnê”, Sandy conta ao POPline.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por POPline 🎧 (@portalpopline)

Leia mais:

No momento da publicação desta matéria, a cantora está na Suíça. Mas, antes de viajar com o marido, ela concedeu uma entrevista por videochamada direto de sua casa, em Campinas, para promover o “Sandy + Chef”, versão brasileira do “Selena + Chef”, que estreia na HBO Max na quinta (11/11). É seu primeiro projeto pós-vacinação. “Ainda não acabou a pandemia”, frisa a artista, “realmente fiquei muito isolada, ainda tô fazendo essa coisa do isolamento. Não encontro amigos, não faço festinha…”.

As gravações do programa foram cercadas de cuidados, assim como as gravações que Sandy fez como dubladora de “Sing 2”, animação que estreia em janeiro nos cinemas. Ela é conhecida nos bastidores por sua rigidez quando se trata de coronavírus. “Nosso trabalho – de cantor, cantora – envolve diretamente uma exposição muito maior, envolve público e envolve aglomeração”, pontua.

“Como ainda não é o momento ideal (claro que existem protocolos e maneiras de fazer isso hoje), eu prefiro fazer as coisas com calma e voltar a fazer show no ano que vem, quando estiver mais seguro”, adianta.

ENTREVISTA: Sandy se aventura na cozinha e projeta músicas e shows para 2022
(Foto: HBO Max)

Confira abaixo os melhores momentos da entrevista:

NOVO PROJETO MUSICAL

Nem comecei, na verdade. Tenho coisas soltas. Tenho ideias, algumas coisas em mente. Tenho objetivos e ideias. Em termos de composições, tenho umas duas por enquanto. Eu gosto de pegar e focar quando vou fazer um projeto. Organizo tudo e falo ‘agora eu vou fazer só isso’. Esse momento ainda não está acontecendo. Mas a gente que trabalha com inspiração, o tempo todo as ideias estão aqui e a gente está internalizando, digerindo, e dormindo com aquelas ideias. Quando você vai fazer o projeto e já está planejando ele há muito tempo, ele na verdade está sendo feito há muito tempo… desde que você começou a pensar e planejar. Depois é só trazer do mundo das ideias e colocar ‘no papel’, entendeu? Quando a gente começar, acho que nem vais ser uma coisa que vai demorar. Vai fluir. Sempre é assim comigo”.

NÓS VOZ ELES 2

“‘Nós Voz Eles 2’ é uma coisa que quero fazer. Eu não sei se já nesse próximo projeto de estúdio, mas eu tenho a intenção de fazer um ‘Nós Voz Eles 2’. Vai depender também se a pandemia vai estar realmente controlada, porque envolve diretamente estar com pessoas em um lugar fechado, o estúdio. Mas é uma coisa que tenho muita vontade de fazer. Tenho o objetivo, na verdade, de fazer Nós Voz Eles 2. Quando, eu não sei”.

PERFECCIONISMO

“A culinária acaba ensinando um pouco a gente a relaxar, porque não tem jeito, não dá para controlar tudo. Sou uma pessoa super controladora. Eu acho que acaba ficando essa lição, de controlar um pouquinho o perfeccionismo. A culinária pode ser um pouco surpreendente. O resultado pode escapar da sua mão. Os processos todos dependem de muita coisa química ali. Não tem como fazer tudo perfeito. Acaba que fica uma lição, sim. Mas foi muito gostoso [o programa]. Eu realmente sou muito atrapalhada. Se eu consegui, acho que qualquer pessoa pode cozinhar, como já dizia o filme ‘Ratatouille’. Muito fofinho aquele filme.

JUNIOR É VEGETARIANO, SANDY NÃO

“O Junior e a Mônica [cunhada] até falam dos benefícios do vegetarianismo. Eu sou uma pessoa super aberta: gosto de comidas vegetarianas, pratos até veganos. De vez em quando, eu como. E eu faço a “segunda sem carne” na minha casa, pela consciência ecológica. É uma campanha que eu apoio e incentivo todo mundo a aderir. Já faz uma diferença enorme se, um dia por semana, a gente não come carne. Eu sou super aberta, mas não pretendo virar vegetariana. Já faz uns sete ou oito anos que o Ju é – a Mônica já era – e está tudo bem. A gente consegue viver em harmonia, mesmo com essas diferenças entre nós. Ele não fica tentando me convencer, não! (risos)”.

ENTREVISTA: Sandy se aventura na cozinha e projeta músicas e shows para 2022
(Foto: HBO Max)

NADA DE FRUTOS DO MAR

“Eu detesto pimentão. Detesto. E não como carnes estranhas, principalmente frutos do mar. Como alguns: peixe branco, camarão, lagosta, casquinha de siri, essas coisas. Mas não como polvo, não como lula, não como mexilhão, não como ostra. Todas as outras coisas, nenhuma delas eu como”.

RESTRIÇÕES ALIMENTARES

Eu tenho bastante intolerância ao alho, e também não gosto. Foi um desafio para os chefs, coitados. Mas eu sou testemunha de que é muito possível comer comida boa sem alho, e até sem cebola. Também não gosto de cebola, também não faz muito bem pra mim, mas em pequena quantidade passa. Não é igual a alho. Aqui em casa, não uso cebola quase nunca. E alho, nunca. Mas é bom ver as alternativas. Dá para ter muitos sabores, tem muitas opções de temperos que a gente pode usar e deixar uma comida maravilhosa. Aqui na minha casa, uso ervas e especiarias. Pouco sal. Como muito pouco sal. É bom, porque fica mais saudável. Fora que as especiarias têm propriedades medicinais. Bom, as ervas também”.

Escrito por Leonardo Torres

Homem-Aranha: Tom Holland avisa que filme "não é divertido"

Homem-Aranha: Tom Holland avisa que filme “não é divertido”

Timothée Chalamet conta o que fez para conseguir papel em Duna

Duna 2: filmagens já têm data para ocorrer