Ed Sheeran em foto promocional do "=" / Divulgação
in ,

Ed Sheeran anuncia o álbum “=” (equals); ouça ainda “Visiting Hours”

Disco sai em outubro.

Ed Sheeran finalmente anuncia o álbum “=” (leia-se ‘equals’), o quarto da série matemática. O projeto foi revelado na manhã desta quinta-feira (19) em uma live no Instagram e sai oficialmente no dia 29 de outubro.

A capa vermelha (pintada por Ed), como todos esperavam, também foi divulgada assim como o single promocional “Visiting Hours”. A canção, já apresentada algumas vezes ao vivo por Ed, é uma homenagem ao amigo Michael Gudinski, empresário da música australiana, falecido em março, e tem Kylie Minogue de backing vocal.

Ed ainda revelou que o novo single, possivelmente a música “Shivers”, sai no dia 10 de setembro.
Ed Sheeran anuncia o álbum "=" (equals)

Confira a performance de “Visiting Hours”:

Confira a tracklist do “equals”:

  1. Tides
  2. Shivers
  3. First Times
  4. Bad Habits
  5. Overpass Graffiti
  6. The Joker And The Queen
  7. Leave Your Life
  8. Collide
  9. 2step
  10. Stop The Rain
  11. Love In Slow Motion
  12. Visiting Hours
  13. Sandman
  14. Be Right Now

Leia mais:

A divulgação do “=”

O “equals” não era incialmente o álbum sucessor do “÷” (2017). As dicas dadas pelo Ed Sheeran revelavam que o “álbum amarelo” ou o “-” (leia-se ‘subtract’) seria lançado este ano, mas em entrevistas para divulgar o atual single “Bad Habits” Ed revelou que os planos foram alterados no processo dos discos. Ambos devem ser lançados com um curto espaço de tempo.

”=’ (equals) é um álbum pessoal que significa muito pra mim. Minha vida mudou bastante nos últimos anos – casei, fui pai, experimentei a perda e refleti todos esses tópicos no álbum. Eu vejo como um envelhecimento e mal posso dividir esse novo capítulo com vocês”, disse Ed na live falando ainda sobre o significado da borboleta usada nas artes de divulgação.

Em entrevista ao programa “Zach Sang Show”, Ed disse que produziu uma média de 250 musicas durante o período de quarentena do novo coronavírus. Além disso, ele fala sobre o impacto desse tempo conturbado para a humanidade e como as coisas tiveram que ser feitas de forma diferente.

E o “-“?

O “Subtract” ficou para depois, possivelmente no início de 2022. Ed Sheeran foi inspirado pelas divas pop Taylor Swift e Ariana Grande para lançar dois álbuns quase que seguidos. Elas têm feito isso e, para ele, é um bom formato.

Eu amo a abordagem que Taylor tem no momento, que a Ariana tem… Eu acho que é para onde a música está indo, eu acho que esses álbuns vão representar os meus planos de 5 álbuns que eu tinha“, explicou.

Ed já lançou os álbuns “+” (leia-se ‘plus’) em 2011, “x” (leia-se ‘multiply’) em 2014 e “÷” (leia-se ‘divide’) em 2017. Uma turnê com músicas dos cinco álbuns está planejada para ano que vem.

Escrito por Amanda Faia

início da carreira

The Weeknd lança pela primeira vez para stream mixtape de 2011

Janela UBC reúne Manno Góes, Geraldo Vianna e Aloysio Reis em live