Djonga é notificado por usar sample de música de Tim Maia na faixa "Eterno" (Foto: Reprodução/Instagram/@djongador)
in ,

Djonga explica negociação sobre sample de Tim Maia em música

O rapper foi notificado após usar o sample de “Contacto Com o Mundo Racional” em “Eterno”.

Recentemente, Djonga foi notificado por usar o sample de “Contacto Com o Mundo Racional“, de Tim Maia, na faixa “Eterno“, do álbum “O Menino que Queria Ser Deus“, lançado em 2018 pelo mineiro. Porém, o que tudo indica, o rapper tentou resolver o problema, mas negociação com Carmelo Maia, filho de Tim, tem sido complicada.

Lançado em 2018, “O Menino que Queria Ser Deus” é um dos grandes sucessos de Djonga (Foto: Reprodução)

Através das redes sociais, Djonga reclamou também da forma que a mídia tem compartilhado a notícia, já que ele está tentando resolver o caso desde que recebeu a notificação. Em seu Instagram, o rapper publicou a resposta elaborada por ele e sua equipe sobre essa situação.

Leia na íntegra a resposta de Djonga e sua equipe:

Djonga foi notificado oficialmente sobre o uso da música “Contacto Com o Mundo Racional”, de Tim Maia, em abril. Desde que tomou conhecimento da notificação, Djonga se mostrou disposto em abrir um diálogo com Carmelo Maia a respeito, tentando uma negociação. Inclusive, amos chegaram a concordar em um valor pelo uso da obra. Carmelo Maia, contudo, propôs uma divisão de fonograma que é absurda e fora de qualquer padrão seguido pelo mercado, o que inviabilizou a formalização do acordo“.

Para além da negociação do uso da obra, foram feitos ataques pessoas e ofensas ao trabalho de Djonga por parte do advogado de Carmelo Maia. Ainda assim, os termos pressupunham que os direitos fonográficos e autorais (ou seja, a obra inteira) de “Eterno” deveriam passar a ser de Carmelo Maia integralmente (100%), dando a entender que Djonga e Coyote não trabalharam artisticamente na obra “Eterno”.

Samplear faz parte da cultura hip-hop e, quando a música foi feita, o artista estava em outro momento de sua carreira. Não à toa, no momento atual, Djonga se dispôs a conversar a respeito.

Contudo, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Carmelo Maia afirmou que Djonga já lucrou cerca de R$ 100 mil com a faixa. “Não é um comércio, não é só dinheiro. Poxa, é o meu pai“, declarou.

Carmelo ainda usou Anitta de exemplo, que creditou Tom Jobim e Vinícius de Moraes em “Girl From Riopor conta do sample de “Garota de Ipanema”. De acordo com o produtor, Djonga devia ter feito isso desde o início.

Entretanto, após a declaração do rapper nas redes sociais, Carmelo ainda não se pronunciou oficialmente.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Victor Viana

Anitta se prepara para críticas ao álbum novo

Anitta se prepara para críticas ao álbum novo

Aos 52 anos, Luciano Szafir é internado com Covid-19