BTS rebate críticas por ser nº1 com menos streams que outros artistas
(Foto: Billboard)
in ,

BTS rebate críticas por ser nº1 com menos streams que outros artistas

“Bater contra nós ou nossos fãs por chegarmos ao 1º lugar com vendas físicas e downloads, não sei se é certo”, diz RM.

A música “Butter”, do BTS, liderou a Billboard Hot 100 por nove semanas não consecutivas, baseada principalmente em vendas. Durante esse período, o single não era o mais ouvido em streaming e tampouco o mais tocado nas rádios dos Estados Unidos. Isso gerou críticas de outros fandoms, e o BTS não se omitiu a falar do assunto.

Fãs defendem BTS após entrevista polêmica para Billboard

Em entrevista para a própria Billboard, RM rebateu: “se houver uma conversa dentro da Billboard sobre o que o nº1 deve representar, então cabe a eles mudar as regras e fazer o streaming pesar mais no ranking. Bater contra nós ou nossos fãs por chegarmos ao 1º lugar com vendas físicas e downloads, não sei se é certo”.

BTS rebate críticas por ser nº1 com menos streams que outros artistas
(Foto: Billboard)

“Parece que somos alvos fáceis, porque somos um boygroup, artistas de K-Pop, e temos essa grande lealdade dos fãs”, completou.

Leia mais:

BTS aposta em vendas mais do que em streams

Durante as nove semanas em que “Butter” liderou a Hot 100, a música também liderou a Digital Song Sales – a parada de downloads. Já foram vendidos 1,4 milhão de downloads do single nos Estados Unidos, número altíssimo.

Para garantir bons números, o BTS colocou à venda a versão original, a instrumental e uma série de remixes. Mais um sai na sexta (27/8), com a rapper Megan Thee Stallion. Além disso, o grupo investiu em vendas físicas em CD, fita K7 e vinil. O fã do BTS é colecionador e o grupo sabe disso. E o fã do BTS também é empenhado quando se trata em fazer do grupo um sucesso.

Escrito por Leonardo Torres

Após polêmica de gravidez, namorada de MC Poze é hospitalizada

The Beatles: “Let It Be” ganha reedição especial