banner com link para rádio globo
Foto: Reprodução/Youtube Vibes
in

YouTube faz análise sobre consumo e formação de identidades

O YouTube Vibes aprofunda questões relacionadas aos vídeos online e à cultura em torno desse universo.

Olhando para a forma como consumimos conteúdo hoje, o YouTube divulgou o seu relatório trimestral Vibes, feito em parceria com a float que aprofunda as tendências de consumo dentro da plataforma.

Segundo eles, a visão das tribos ficou para trás. “Hoje, estamos imersos em uma rede de interesses pontuais e temporários, ampliamos nossos horizontes e repertórios a cada novo conteúdo. Dessa forma, vamos transformando nossas atitudes – até mesmo nossas identidades”, destacam. E foi pensando em entender mais e melhor essas “comunidades cruzadas”, que o YouTube preparou o relatório.

Foto: Reprodução

Essas tendências de comportamento apontam para as mudanças na comunicação que acontecem hoje entre marcas, canais e pessoas. O YouTube Vibes aprofunda questões relacionadas aos vídeos online e à cultura em torno desse universo. Nesse report, a plataforma trouxe uma investigação qualitativa e quantitativa do time do YouTube Brasil em parceria com a float.

Leia mais:

Múltiplos conteúdos, múltiplos interesses

De acordo com o relatório, enquanto a mentalidade de tribos divide e segmenta, as novas comunidades cruzadas são o resultado de uma nova multiplicidade de conteúdo consumido e compartilhado.

“A nossa identidade é uma grande colcha de retalhos, uma combinação de diversas experiências, relações e crenças. E nesse processo contínuo de construção e reconstrução, ninguém está imune à descoberta de novos interesses que nos fazem descobrir novas versões de nós mesmos”, destaca o YouTube.

Nesse novo contexto de consumo de conteúdo, a plataforma identificou três grandes “vibes” que refletem esse processo de interconexão entre os interesses pessoais e coletivos. Confira:

Vibe 1: Multidentidades
De que forma sua marca estimula as pessoas a expandirem — ou quebrarem — suas caixinhas de interesses?

Nada mais é exclusivo de uma única comunidade. Na pesquisa, vimos que pular de um vídeo para outro, ainda que sejam conteúdos completamente distintos, é algo mais comum do que imaginamos. E é nesse misto de possibilidades inesperadas que as pessoas reconstroem seus repertórios.

Foto: Reprodução/Youtube Vibes

Vibe 2: Objetos de devoção
Afinal, como sua marca incentiva as pessoas a experimentar o novo?

Durante a pandemia, alguns objetos ganharam outros status. Foi assim que vimos nascer um verdadeiro culto aos itens de cozinha que trazem mais praticidade ao dia a dia. Não à toa, a média diária de visualizações de vídeos relacionados a receitas em airfryer subiu 125% no Brasil.

Foto: Reprodução/Youtube Vibes

Vibe 3: Vídeo rolês
Como promover ou participar dessa interação virtual, que estimula a sensação de troca e conexão com a audiência?

Bastidores de podcasts, vídeos de reacts e lives de artistas e criadores têm o poder de fazer com que as pessoas se sintam conectadas e próximas, como os watch along videos, um misto de entretenimento com companhia virtual que vem suprindo a falta que sentimos dos encontros em grupo.

Foto: Reprodução/Youtube Vibes

 

Escrito por Rafa Ventura

A Fazenda 13: Rico diz que Bil quer ser “Juliette da Record”

Antecipação do Red da Taylor Swift aumenta indício de álbum da Adele

Antecipação do Red da Taylor Swift aumenta indício de álbum da Adele