Foto: Reprodução
in

WhatsApp reforça comunicação para tirar dúvidas dos usuários sobre novas políticas

No início deste ano, muitas pessoas ficaram confusas após o WhatsApp anunciar a atualização dos Termos de Serviço e da Política de Privacidade. Com isso, a plataforma decidiu investir em ações e criar alternativas de comunicação para esclarecer todas as dúvidas sobre o que muda com a adesão dos novos termos para os usuários. “Gostaríamos de dar mais detalhes sobre como solicitaremos que as pessoas revisem essa atualização a partir de agora”, revela o WhatsApp em nota oficial.

Como anunciado anteriormente, a plataforma está desenvolvendo novas maneiras totalmente opcionais para os usuários conversarem com empresas e fazer compras no WhatsApp. Eles destacam, em todos os anúncios, de que suas conversas pessoais estarão sempre protegidas com a criptografia de ponta a ponta e, por isso, eles não conseguem ler nem ouvir o conteúdo.

“Refletimos bastante sobre o que poderíamos fazer melhor e queremos que todos saibam e confiem no nosso compromisso contínuo na defesa do uso da criptografia de ponta a ponta e na proteção da privacidade e da segurança das suas conversas”, revela.

Durante esse tempo, a empresa percebeu que a concorrência cresceu e que algumas pessoas resolveram testar os serviços oferecidos por outros aplicativos de mensagens. O WhatsApp alerta que alguns dos concorrentes afirmam que não podem ler as conversas de seus usuários, porém que é importante lembrar que se um aplicativo não oferece criptografia de ponta a ponta por padrão, isso significa que ele pode ter acesso ao conteúdo das mensagens. Outros concorrentes afirmam que são melhores porque têm acesso a ainda menos dados do que o WhatsApp.

“Nós acreditamos que as pessoas estão buscando um aplicativo que seja seguro e confiável, mesmo que para isso seja necessário que o WhatsApp tenha acesso a dados limitados. Antes de tomar uma decisão, levamos em consideração vários aspectos e continuaremos desenvolvendo novas maneiras para manter nosso compromisso de usar cada vez menos dados e não mais”, alerta.

A empresa começou a usar o recurso “Status” para compartilhar os princípios e atualizações diretamente no WhatsApp. Esse é o primeiro passo de muitos outros que virão para que a empresa possa se comunicar com ainda mais clareza com os usuários do serviço.

Nas próximas semanas, o WhatsApp exibirá um aviso anunciando que os usuários terão mais tempo para ler a atualização, e vão fornecer mais informações para ajudar a esclarecer algumas dúvidas. Eventualmente, a plataforma enviará lembretes para que todos possam ler e aceitar as atualizações para continuar usando o aplicativo.

E tem mais…

A plataforma está preocupada em esclarecer como consegue oferecer o WhatsApp gratuitamente. “Todos os dias, milhões de pessoas conversam com empresas no WhatsApp, já que é mais fácil do que fazer uma ligação ou trocar e-mails com os atendentes das empresas. O serviço de atendimento ao cliente no WhatsApp é cobrado somente das empresas e nunca dos clientes”, revela a empresa.

Alguns recursos de compra e venda são integrados ao Facebook para que as empresas possam gerenciar seus estoques em diversos aplicativos. “Exibimos mais informações diretamente nas conversas do WhatsApp com essas empresas para que as pessoas possam escolher continuar a conversa ou não”, completa.

Escrito por Rafa Ventura

Anitta levanta possibilidade de excluir músicas do álbum

Anitta anuncia música nova e rebate seguidora que critica “Loco”

BBB 21: Pocah pega Karol Conka na mentira