(Foto: Reprodução Internet)
in ,

Tutela: Britney Spears é convidada para testemunhar no Congresso

Membros publicaram carta aberta oferecendo ajuda à cantora no caso

Mais um capítulo será escrito no enredo que envolve a tutela de Britney Spears. É que depois de ouvir o testemunho honesto e revelador da cantora pop no Tribunal Superior de Los Angeles, na semana passada, o deputado Matt Gaetz, da Flórida, estendeu um convite à estrela para que ela possa ser ouvida, só que, desta vez, pelo Congresso dos Estados Unidos.

Nesta quarta-feira (30/06), Gaetz e outros membros do Congresso Republicano enviaram uma carta à Princesinha do Pop explicando como eles têm observando com “profunda preocupação” a sua tutela que, há 13 anos pertence a seu pai, Jamie, e o que desejam fazer algo para ajudar.

Britney Spears foi obrigada a fazer show com febre de 40ºC
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

“O Congresso dos Estados Unidos deveria ouvir sua história e ser inspirado para uma ação bipartidária. O que aconteceu com você nunca deveria acontecer com qualquer outro americano. Sua história é tão poderosa, e a admiração por suas realizações é tão grande que você (e talvez apenas você) pode explodir essa porta, dando esperança a milhões. Sua vida, liberdade e felicidade foram tiradas de você. Por favor, leve vantagem do empoderamento que o testemunho público no congresso pode desbloquear”, diz a carta enviada à cantora.

Em março, Gaetz e o congressista republicano Jim Jordan (R-OH) escreveu uma carta ao Presidente do Judiciário de Nova York Jerry Nadler e solicitou que ele realize audiências para examinar o sistema de tutelas “tão profundos”, enquanto examinam mais de perto o caso de Spears, que eles descreveram como o “exemplo mais notável”.

Britney Spears e pai
(Foto: Arquivo Pessoal)

Na época, Vivian Lee Thoreen, advogada do pai de Britney, emitiu uma declaração em resposta aos congressistas em nome de seu cliente. “Jamie Spears cumpriu profissionalmente seus deveres como um dos conservadores de Britney, e seu amor por sua filha e dedicação em protegê-la são claramente evidentes para o tribunal”, leia a declaração ao “Entertainment Tonight”.

Gaetz e outros membros do Congresso Republicano – Marjorie Taylor Greene (Geórgia), Burgess Owens (Utah) e Andy Biggs (Arizona) – ressaltaram ao longo da nova carta que gostariam de poder fornecer a Spears uma plataforma adequada para fazer o que ela deseja.

Britney Spears
Foto: Getty Images

“Muitos outros usaram sua fama para promover a reforma da justiça social, política e criminal. Esperamos que você aceite nosso convite para expressar seu interesse em falar ao Congresso e à América em nome da justiça que você e muitos americanos merecem. Sua história de vida e seu tremendo talento em performance continuam a inspirar pessoas em todo o mundo. Estamos prontos para sua resposta. Esperamos que você expresse interesse em compartilhar sua história. Estamos com você, Britney – o que você decidir”, finalizam.

Primeiro desabafo

Britney Spears rompeu o silêncio sobre a sua tutela na última semana. Via Zoom, a cantora foi ouvida pela corte de Los Angeles pela primeira vez desde que pediu a remoção de seu pai Jamie Spears do cargo de conservador de seu patrimônio, em agosto de 2020.

A artista pediu a juíza Brenda Penny que o testemunho fosse aberto pois “eles [donos de sua tutela] fizeram um excelente trabalho explorando” a sua vida. a princesa do pop também solicitou o fim de sua tutela sem que ela tenha que ser avaliada. “Eu realmente acredito que essa tutela é abusiva”.

Britney Spears
Foto: Mario Testino

Abraçada por um movimento global de fãs, a cantora falou por cerca de 24 minutos e foi interrompida pela juíza uma vez para que falasse mais devagar. Ela começou detalhando a sua árdua rotina de trabalho durante a sua residência em Las Vegas, na qual as suas decisões não eram respeitadas.

Escrito por Leonardo Rocha

“Wave Your Flag”: veja letra da música nova do Now United

IZA celebra releitura do clipe de “Gueto” feita por fã