in

Top 100 de 2017: os hits e as queridinhas do POPline em uma super playlist (parte 1)

Muito se falou nos últimos dias sobre os melhores singles e os melhores álbuns nem sempre com respaldo dos leitores. Claro, tudo é muito subjetivo e o que os fãs querem ver é sempre seus artistas no topo na lista dos mais aclamados pela crítica.

É realmente difícil tentar elencar qualquer coisa e ter apoio absoluto, mas final de 2017 se aproximando e o POPline não podia deixar de enaltecer o ano recheado de novidades. Um ano que os novatos chamaram muito a atenção, que veteranos enfrentaram as críticas da imprensa e das redes sociais e se reinventaram! Um ano que finalmente trouxe alguns retornos esperados e nos surpreendeu em âmbito nacional com o crescimento exponencial do gênero no país.

Todos os sábados a partir de hoje até o primeiro final de semana de 2018, vamos revelar aos poucos o nosso Top 100. O critério principal foi: música lançada em 2017. Outro ponto foi tentar balancear o que foi refletido nas paradas musicais, de streaming, contexto do lançamento, a reposta da audiência e a análise da nossa equipe. Ou seja: não é apenas o que “hitou”, mas o que mereceu estar em destaque este ano!

Vamos começar?

100) “Something Just Like This” – The Chainsmokers & Coldplay
O ano de 2017 começou ainda com resquícios do hit “Closer” que por muito pouco não bateu um recorde que dura há 22 anos na parada da Billboard. No início do ano, Alex e Drew tentaram permanecer entre as mais ouvidas com “Paris”, mas foi com uma parceria com o Coldplay que o The Chainsmokers se manteve no topo. Lançada de surpresa às vésperas de uma premiação, “Something Just Like This” ajudou a incluir a dupla na lista dos artistas mais ouvidos no mundo no Spotify, a dar ao título ao Coldplay de banda mais ouvida em 2017 na plataforma, foi a quarta música mais ouvida no planeta e seu clipe também encerrou o ano na lista dos mais vistos no VEVO (em 6º) com 40,7 milhões de visualizações.

99) “Most Girls” – Hailee Steinfeld
Depois de “Love Myself” em 2015 e “Starving” em 2016, todo mundo esperava que Hailee fosse dar finalmente o grande passo para um álbum em 2017. Não aconteceu, mas a cantora e atriz emplacou duas músicas nas paradas mundiais: recentemente “Let Me Go” com a ajuda do Alesso e Florida Georgia Line e inteiramente sozinha com “Most Girls”. A música foi tratada como carro-chefe do CD ainda não lançado e entrou para as mais tocadas em pelo menos 20 países recebendo certificados de prata e platina. Mais um passo firme na carreira musical da atriz que estará nos cinemas ano que vem com “A Escolha Perfeita 3”.

98) “Ressaca” – Jão
Jão chegou em 2017 com dois singles e videoclipes lançados simultaneamente. Além de “Álcool”, fomos presenteados também com “Ressaca” e são as duas primeiras músicas oficiais e autorais do músico. Uma grata surpresa em um ano que o pop nacional bombou. E não vamos negar que estamos bem ansiosos com o que Jão, um dos convidados da nossa festa de 11 anos, pode mostrar a nós no próximo ano. Um EP já está anunciado.

97) “Rockstar” – Post Malone
Com um álbum lançado e preparando um segundo, Post Malone viveu o ano que sempre sonhou. Munido de “Rockstar”, uma parceria com o 21 Savage, o rapper ganhou tanto os Estados Unidos que foi fácil entrar em outros mercados fonográficos, incluindo o Brasil. A música está há oito semanas no topo da principal parada de singles da Billboard e foi a que mais demorou na parada de R&B/Hip-Hop a chegar ao 1º lugar: 40 semanas.

96) “Cold” – Maroon 5
Antes mesmo de anunciar um novo álbum de estúdio, o Maroon 5 permanecia nas paradas, na programação das rádios e nas nossas playlists com “Cold”. Trabalhando sem pausa há sete anos, a música abriu com firmeza o caminho para o lançamento do “Red Pill Blues” e recebeu certificados de platina e prata na Austrália, Itália e Reino Unido. Aqui no Brasil ela é uma das favoritas da banda. Uma pena que tenha ficado de fora dos dois shows da banda no Rock In Rio.

95) “Perfect” – Ed Sheeran & Beyoncé
Ed Sheeran tem um dos maiores hits de 2017, mas antes de chegarmos em “Shape Of You” não podemos deixar de lembrar de “Perfect”. A baladinha super romântica descrita como “a nova ‘Thinking Out Loud'” já estava indo razoavelmente bem nas paradas até a chegada dela. Ed entrou em contato com Beyoncé sem grandes expectativas e a colaboração aconteceu, rendendo a Beyoncé seu primeiro número um na parada britânica (e talvez na americana) em anos!

94) “Era Uma Vez” – Kell Smith
Muita gente ainda pode estranhar o nome de Kell Smith, mas quem prestou atenção nas paradas de streaming no Brasil este ano já se deparou com a moça. A dona de olhos bem verdes viralizou com “Era Uma Vez” e ganhou destaque na imprensa nacional este ano fazendo mais de 20 milhões de execuções no Spotify. Mais um nome para a gente ficar de olho em 2018!

93) “Symphony” – Clean Bandit feat. Zara Larsson
Clean Bandit ainda estava sendo tratado como “One Hit Wonder” quando o trio sacou a ótima “Symphony”, apoiado por uma novata que começou a chamar atenção ano passado: Zara Larsson. A união de forças deu certo. “Symphony” deu o terceiro número um ao grupo na curta carreira e ajudou, junto com “Rockabye”, a manter o grupo nas paradas enquanto o novo álbum não é lançado.

92) “Love Galore” – SZA
Solana Imani Rowe é certamente um dos nomes de 2017. Depois de participar de músicas de artistas como Kendrick Lamar e Rihanna, a jovem lançou seu álbum de estreia “Ctrl” fazendo barulho e com cinco indicações ao Grammy Awards do ano que vem – incluindo Artista Revelação. Para representar a carreira em ascensão a gente escolheu “Love Galore”, com Travis Scott.

91) “Fogo em Mim” – Rico Dalasam
Com ousadia, o rapper apostou no confronto com os paradigmas de gênero, provocando com figurinos e visuais fluídos, que já se tornaram sua marca. Menos de um mês depois, ele atingiu a marca de 1 milhão de visualizações – um grande número para um artista independente.

90) “Esqueci Como Namora” – Nego do Borel
Depois do mega sucesso de “Você Partiu Meu Coração”, Nego do Borel apostou em uma outra colaboração para dar sequência a sua popularidade nas rádios. “Esqueci Como Namora” tem Maiara e Maraisa e em questão de um mês recebeu certificado de platina após entrar para as cinco mais tocadas do Brasil! Mais um gol!

89) “Unforgettable” – French Montana
Quem conhecia o rapper inicialmente apenas por causa de participações nas músicas alheias e pelas notas sociais ao namorar uma Kardashian, French Montana conquistou seu primeiro Top 3 na carreira com “Unforgettable”. O sucesso nos Estados Unidos foi tão grande que a faixa foi relançada para o mercado latino com a ajuda de J Balvin.

88) “Beauty and the Beast” – Ariana Grande & John Legend
Ariana Grande e John Legend tiveram o grande desafio de regravar um dos maiores temas de clássicos da Disney. Com o lançamento em live action de “A Bela e a Fera”, o duo poderoso de vozes encarou “Beauty and the Beast”, gravada originalmente por Angela Lansbury e conhecida também nas vozes de Celine Dion e Peabo Bryson. Com Ariana e John nos vocais, impossível deixá-la de fora.

87) “Your Song” – Rita Ora
Desde que começou a trabalhar em seu segundo álbum de estúdio, Rita Ora encontrou muitas portas fechadas e colecionou “quases”. “I Will Never Let You Down”, “Poison”, “Body on Me” tentaram recolocar os planos do lançamento no eixo, mas após cinco anos foi em 2017 que finalmente ela pode entregar algo mais concreto aos fãs. E tudo começa com “Your Song”. Em parceria com Ed Sheeran, a música recolocou Rita entre as melhores do ano e deu a cantora certificado de platina no Reino Unido.

86) “I Got You” – Bebe Rexha
Bebe Rexha deixou os planos de escrever apenas para os outros e se concentrou nela mesma de uns dois anos para cá e depois de faixas fortes como “In The Name of Love” e “I Got You”, a cantora viu um caminho se abrindo também na parada country! Com “Meant to Be”, com o Florida Georgia Line, se tornou a primeira mulher a estrear no topo de parada country na era digital.

85) “Oh Meu Deus” – Projota
De 2014 para cá, o Projota vem sempre se mantendo relevante nas paradas musicais e com suas letras que dosam bem o papel social do rap e seu lado romântico, mas foi apenas este ano que o rapper teve o reconhecimento em números que merece. “Oh Meu Deus” recebeu disco de platina ajudando a trazer os holofotes para o disco “A Milenar Arte de Meter o Louco”.

84) “Me Enamore” – Shakira
Depois de “Chantaje”, todo mundo estava ligado em Shakira para saber o que ela traria para suceder o hit com Maluma. A faixa escolhida foi “Me Enamoré”, uma verdadeira declaração de amor para Gerard Piqué que aparece no videoclipe gravado em Barcelona. Quem não se derreteu?

83) “No Promises” – Cheat Codes & Demi Lovato
O excelente ano de 2017 para Demi Lovato começou com “No Promises”, uma música do grupo Cheat Codes. Lançada em março, a música ficou por 23 semanas entre as mais tocadas e baixadas dos Estados Unidos e chegou à 38ª colocação na Hot 100 em outubro deste ano.

82) “Subeme La Radio” – Enrique Iglesias fea. Zion & Lennox and Descemer Bueno
Enrique Iglesias e hit são palavras que há alguns anos vivem lado a lado. Em 2017 não foi diferente. O cara resolveu se concentrar a cair na estrada e a liberar uma única música. E não deu outra: “Súbeme La Radio” supera os 300 milhões de streaming e coloca Enrique entre os 75 artistas mais ouvidos do ano nas plataformas. De novo: com apenas uma música.

81) “Bad Liar” – Selena Gomez
Selena Gomez precisou enfrentar um problema seríssimo de saúde em 2017, mas sua carreira musical não parou. Nem mesmo a impossibilidade da cantora fazer apresentações ao vivo em premiações e shows, tiraram o brilho do que foi o desempenho de Selena nas paradas e para a crítica especializada. Depois de “It Ain’t Me”, com Kygo, Sel liberou o primeiro single do que poderia ter sido um álbum completo de estúdio. “Bad Liar” trouxe uma Selena mais segura criativamente, mais madura vocalmente e em termos de produção. Se o álbum “Revival” já havia sido aclamado, aumentando a expectativa para o próximo projeto, Selena definitivamente não decepcionou.

Você pode ouvir a nossa playlist especial de final de ano no Spotify e já dá aquele “seguir” para saber primeiro da continuação do nosso ranking.

Escrito por Amanda Faia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lady Gaga doa US$ 1 milhão a vítimas de desastres: “essa destruição não separa nossas diferenças ideológicas”

Luan Santana quebra recorde de Anitta no Youtube com “Check-in”