TikTok e Ecad anunciam contrato para pagamento de direitos autorais
Foto: Logos/Reprodução
in

TikTok e Ecad anunciam contrato para pagamento de direitos autorais

Este acordo inclui ainda o pagamento retroativo pelo uso de músicas na plataforma, estabelecendo uma parceria para o futuro.

O TikTok e o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) anunciaram, nesta quarta-feira (28), um contrato para o pagamento de direitos autorais no Brasil, garantindo uma nova fonte de receita para compositores, editoras musicais e artistas. Este acordo inclui ainda o pagamento retroativo pelo uso de músicas na plataforma, estabelecendo uma parceria para o futuro.

“Essa primeira parceria entre o Ecad e o Tik Tok é mais um importante passo para a indústria da música no Brasil e para os autores e artistas no nosso país. Este acordo não poderia chegar num momento mais oportuno para compositores e artistas, que agora precisam mais do que nunca dessa renda digital. O Ecad vem trabalhando duro para fechar acordos importantes como esse”, comenta Isabel Amorim, superintendente executiva do Ecad.

TikTok e Ecad anunciam contrato para pagamento de direitos autorais
Isabel Amorim, superintendente do Ecad | Foto: Divulgação

José María Escriña, diretor de Licenciamento Musical e Parcerias do TikTok para a América Latina, revela que eles estão entusiasmados com essa parceria. “Com esta cooperação, vamos estimular o crescimento de novas fontes de receita para autores e editores utilizando o dinamismo da nossa plataforma. Estamos animados para oferecer esse fantástico conteúdo musical para nossos creators incríveis”, reforça.

Tudo que você precisa saber sobre os recursos de lives do TikTok

O contrato foi firmado para enriquecer a experiência dos usuários e dos criadores das músicas disponíveis através da plataforma, ajudando-os a espalhar sua música em canais ilimitados. TikTok é o lugar para talentos emergentes e muitos artistas de ponta que apresentam suas visões criativas através dos formatos de vídeo. A plataforma promove e estimula a descoberta de músicas apresentando-as em um novo contexto, construindo simultaneamente pontes para artistas e criadores se conectarem a audiências globais e impulsionando seus negócios.

Em tempo…

No começo deste mês, a Gestão Coletiva formada pelas Associações de Música (Abramus, Amar, Assim, Sbacem, Socinpro UBC) juntamente com o Ecad definiu uma nova regra no sistema de cadastro do ISRC (International Standard Recording Code) . A partir de agora, todos os cadastros de fonogramas nacionais devem conter pelo menos um músico. Clique aqui para ler a matéria completa.

Escrito por Rafa Ventura

OMG! Ashton Kutcher e Mila Kunis revelam não tomar banho todos os dias

Pete Davidson em preparação intensa para filme sobre Joey Ramone