Cinzas de Paulo Gustavo são jogadas em Nova York (Foto: Instagram/@thalesbretas)
in ,

Thales Bretas joga cinzas de Paulo Gustavo em Nova York

Dermatologista compartilhou o momento em seu Instagram

Thales Bretas aproveitou sua passagem por Nova York, nos Estados Unidos, e resolveu homenagear Paulo Gustavo. No último sábado (4), o dermatologista jogou as cinzas do humorista na cidade, que ele tanto amava. O gesto foi uma forma encontrada pelo viúvo de homenageá-lo. O ator Marcus Majella, grande parceiro de Paulo, também estava presente.

Paulo Gustavo será um dos homenageados do Prêmio Multishow (Foto: Globo)

LEIA MAIS:

“Tão bom te ter por perto, mesmo que distante… te sentir em cada lugar, em cada amigo, em cada amor espalhado pelo mundo! Hoje o mundo completa 7 meses sem sua presença física, mas você nunca estará ausente! Nunca mais. E agora, para sempre também em NY. Foi muito lindo… o dia ficou mais colorido quando te recebeu”, escreveu Thales em sua publicação. Veja o vídeo:

Paulo Gustavo faleceu no dia 4 de maio após passar 50 dias internado por conta de complicações no quadro de Covid-19.

Senado aprova Lei Paulo Gustavo

O Senado aprovou na última quarta-feira (24) a Lei Paulo Gustavo, projeto que tem o intuito de repassar cerca de 3,8 bilhões em recursos federais para o setor cultural após as dificuldades encontradas por esse grupo de profissionais durante a pandemia. Afinal, por mais de um ano tivemos shows, festivais, teatros e cinemas fechados por conta da Covid-19.

Apesar da aprovação, o texto ainda será aprovado pela Câmara dos Deputados e caso realmente se torne lei, o dinheiro prometido será repassado aos governos de estados, municípios e Distrito Federal. O objetivo é que cada governante controle a divisão do dinheiro.

Ainda de acordo com a proposta, o repasse de recursos pela União deve ocorrer em, no máximo, 90 dias após a publicação da lei. Dos R$ 3,8 bilhões, R$2,79 bilhões devem ser destinados para ações do setor audiovisual. R$ 1,06 bilhão será para ações emergências no setor cultural por meio de editais, chamadas públicas ou outras formas de seleção pública simplificada.

Vale destacar que a Lei Paulo Gustavo recebeu esse nome em homenagem ao ator Paulo Gustavo, que, infelizmente, foi uma das vítimas da Covid-19 aqui no Brasil. A proposta é de autoria do senador Paulo Rocha (PT-PA)

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Victor Viana

Em “A Fazenda 13”, Sthe confessa que pegou na “ovelha” de Dynho

Monique Evans diz que Solange Gomes, de “A Fazenda 13”, é golpista