in

Spotify faz retrospectiva de 2020 destacando novas ferramentas

Em meio aos desafios, o ano inspirou curiosidade e criatividade nas músicas e podcasts

O Spotify fez uma retrospectiva de 2020, um ano sem precedentes e desafiador, destacando as novas ferramentas que foram lançadas pela plataforma de streaming. Em um ano que também inspirou curiosidade e criatividade – ambas refletidas nas músicas e podcasts transmitidos pelos ouvintes, foram promovidas novas maneiras como os criadores se conectavam com os fãs.

Confira alguns dos lançamentos de novas ferramentas e funcionalidades que foram destacados pela plataforma em 2020:

1.Playlist para Pets

O Spotify criou playlists especiais para animais domésticos no início do ano. De acordo com a companhia, em um estudo sobre como os donos de animais de estimação usam música com seus pets, o Spotify descobriu que 71% dos donos de animais tocam música para seus animais de estimação e que 8 a cada 10 pessoas que possuem pets, acreditam que eles gostam de música. Saiba mais sobre a aba especial, clicando aqui.

 

2.Teste de modo karaokê, ‘sessões de grupos’ e função offline para usuários gratuitos

Depois de lançar a “Sessão de Grupo” Beta em maio, a empresa deu um passo adiante em julho com uma nova funcionalidade que permite que usuários do Spotify Premium, em todo o mundo, sintonizem a mesma lista de reprodução ou podcast simultaneamente.

O Spotify também revelou a primeira versão do novo recurso de podcast de vídeo com produções selecionadas. Agora, os ouvintes em todos os mercados onde os podcasts são suportados poderão ouvir ou assistir esses podcasts à medida que o recurso for lançado, permitindo que criadores selecionados tragam conteúdo de áudio e vídeo para o Spotify. Com isso, os usuários poderão assistir a podcasts de vídeo em dispositivos Android TV selecionados, Chromecast, Fire TV e dispositivos Nest Hub.

O “Modo Karaokê” que terá o ajuste vocal permitido foi anunciado em setembro. Com isso, a plataforma investe no recurso de letras de músicas em tempo real em parceria com a empresa Musixmatch lançado no final de junho.

Já a função offline pretende permitir que usuários gratuitos tenham consigam consumir o Spotify, sem conexão com a Wi-Fi, por 30 minutos por dia.

 

3. Expansão do Spotify

Em 2020, o Spotify foi lançado na Rússia, Croácia, Ucrânia e 10 outros mercados europeus.
Sua mais recente expansão na Europa elevou o número total de mercados com o Spotify para 92 e marcou a adoção do streaming na região.

Agora, os ouvintes na Albânia, Bielo-Rússia, Bósnia e Herzegovina, Croácia, Cazaquistão, Kosovo, Moldávia, Montenegro, Macedônia do Norte, Rússia, Sérvia, Eslovênia e Ucrânia podem desfrutar de uma experiência de audição que inclui 60 milhões de faixas, 4 bilhões de listas de reprodução e localização recursos de personalização de música.

Em tempo, o Spotify também anunciou que entrará no mercado da Coreia do Sul durante o primeiro semestre de 2021, saiba mais clicando aqui.

 

4. Investimento em Podcast

Seguindo os grandes investimentos em Podcasts considerando uma iniciativa de posicionamento “Audio First”, o Spotify anunciou no último mês a aquisição da empresa Megaphone, editora de podcast e companhia de publicidade, por US$ 235 milhões. O Megaphone, da empresa de mídia Graham Holdings, fornece hospedagem de podcast e capacidades de inserção e venda de anúncios para editores direcionadas para profissionais de marketing.

De acordo com o Spotify, a aquisição da Megaphone permitirá que as empresas disponibilizem a inserção de anúncios de streaming dinâmico, para editores de podcast terceirizados pela primeira vez.

Além disso, a plataforma investiu em podcasts exclusivos, como o “The Michelle Obama Podcast” e afirma possuir mais de 1,9 milhão de títulos de podcasts. Entre os títulos recentemente lançados, está o primeiro episódio do POPline.Biz Cases com Anavitória e Felipe Simas, clique abaixo para conferir:

5. Spotify Canvas

O Spotify anunciou em novembro a ampliação do acesso dos artistas ao Canvas e a integração de uma nova categoria, por meio do SoundBetter, para conectar músicos a uma comunidade selecionada de designers.

O Canvas é um casamento de imagens com sons, dando aos artistas uma maneira de se expressarem visualmente e, ao mesmo tempo, aprofundar a conexão dos ouvintes com a música.

As telas criadas também são compartilháveis ​​fora do aplicativo Spotify. Quando um ouvinte compartilha sua faixa nos stories no Instagram, eles verão o loop do Canvas em segundo plano – junto com os detalhes da faixa e um link para os fãs “tocarem no Spotify”.

Saiba mais acessando aqui.

6. Black Lives Matter

O ano também será lembrado pelas manifestações e a luta contra o racismo. A playlist Black Lives Matter, do Spotify, teve 64 milhões de reproduções. A plataforma também registrou 65 mil playlists com título Black Lives Matter ou BLM.

“Em 2 de junho, usamos o poder de nossa plataforma para apoiar os criadores negros, amplificar suas vozes e acelerar conversas significativas e mudanças há muito necessárias. Temos o compromisso de apoiar nossos funcionários, amigos, parceiros, artistas e criadores na luta contra o racismo, a injustiça e a desigualdade. Ao longo deste ano e no próximo, nosso apoio continuará a evoluir, e esperamos que nossos passos e ações iniciais ajudem a impulsionar as conversas, promover uma aliança mais profunda e introduzir mudanças positivas e duradouras”, destaca o comunicado do Spotify.

 

7. Spotify 2020: músicas, artistas e tendências

O Spotify divulgou neste início de dezembro a lista dos principais destaques na plataforma em 2020, incluindo tendências, artistas, músicas e podcasts mais escutados.

No Brasil, a artista mais ouvida entre os usuários do Spotify foi Marília Mendonça. Ela foi seguida por Henrique & Juliano, que, com Liberdade Provisória, tiveram a música mais ouvida por usuários brasileiros e por, Gusttavo Lima, que, com O Embaixador in Cariri, teve o álbum mais ouvido do ano.

O mais ouvido do mundo no Spotify foi Bad Bunny, que, entre janeiro e novembro, teve 8,3 bilhões de reproduções em suas músicas. O rapper também teve o álbum mais ouvido do mundo na plataforma. Lançado em fevereiro, YHLQMDLG teve mais de 3,3 bilhões de reproduções em todo o mundo.

Saiba mais clicando aqui.

Escrito por Láisa Naiane

Direto do POPline.space, Dennis fala sobre música com Jorge e Mateus e colaboração com a filha, Tília Fialho

Aos 40 anos, Dennis mostra foco e resultados de rotina de treinos

A Capella POPline: Lucy Alves apresenta cover de "Ain't No Sunshine"!

A Capella POPline: Lucy Alves apresenta cover de “Ain’t No Sunshine”!