(Foto: Divulgação)
in ,

Round 6: Série deverá gerar quase 900 milhões de dólares para a Netflix

Valor foi divulgado pela Bloomberg e é descrito como “valor de impacto” pelo serviço de streaming.

A série mais popular da Netflix não poderia render outra coisa para a plataforma de streaming de séries e filmes: muito dinheiro. E segundo a Bloomberg, “Round 6” deverá gerar quase 900 milhões de dólares.

Round 6: Netflix estuda estrutura para 2ª temporada
(Foto: Divulgação)

Leia mais:

O exorbitante número de 900 milhões de dólares é, segundo os documentos da Netflix acessados pela Bloomberg, em “valor de impacto”. Essa é a métrica que a plataforma usa para medir o sucesso financeiro de suas produções e sugere que, por causa de “Round 6”, a Netflix deverá garantir um grande número de assinantes.

Segundo a Netflix, 132 milhões de pessoas assistiram pelo menos 2 minutos “Round 6”, também conhecida como “Squid Game”, nos primeiros 23 dias de lançamento da série. Desse número, 89% assistiu pelo menos um episódio e 66% (87 milhões) maratonou até o último episódio.

No total, “Round 6” foi assistida por 1.4 bilhão de horas.

O custo de produção de “Round 6”

Round 6 exibe número de telefone real e causa transtorno a mulher
(Foto: Netflix)

O total de quase 900 milhões de dólares de “valor de impacto” é mais de 40 vezes o que a Netflix gastou para produzir “Round 6”. Segundo informou a Bloomberg anteriormente, a série sul-coreana custou 21.4 milhões de dólares para ser feita, cerca de 2.4 milhões de dólares por episódio.

Para se ter uma ideia, “Stranger Things” e “The Crown” custaram aos cofres da Netflix 8 milhões e 10 milhões de dólares por episódio, respectivamente, como a Variety reportou em 2017.

Se compararmos com grandes produções de outros serviços de streaming, como Apple TV+, Disney+ e Amazon Prime Video, o custo de produção de “Round 6”, também conhecido como “Squid Game”, chega a ser ainda menor.

“WandaVision”, grande sucesso do Disney+, por exemplo, custou 25 milhões de dólares por episódio, enquanto “The Mandalorian”, da mesma plataforma, teve um custo de 15 milhões de dólares por episódio, que é o mesmo valor de “The Morning Show”, da Apple TV+.

A série mais cara da atualidade ainda nem estreou: “O Senhor dos Anéis”, da Amazon Prime Video, teve um custo total, apenas para sua primeira temporada, de 465 milhões de dólares. Ainda não se sabe o número de episódios que a série terá em sua primeira temporada.

Escrito por Kavad Medeiros

Com fala icônica da Cher, Little Mix mostra trecho de Love (Sweet Love)

Little Mix deverá anunciar hiato em novembro

Com “Levitating”, Dua Lipa deverá empatar marca de Post Malone na Hot 100