in

Revelados nomes cotados para participações especiais no show do Maroon 5 no Super Bowl

Está difícil para o Maroon 5 garantir participações especiais relevantes em seu show no Super Bowl 2019. Depois de Rihanna e P!nk, que declinaram ofertas individuais da liga de futebol americano NFL, vários outros artistas estão fazendo o mesmo em apoio ao jogador Colin Kaepernick. Segundo a revista Variety, Mary J. Blige alegou estar “sem agenda” para cantar com o Maroon 5 no Super Bowl. Já Cardi B, que foi nº1 na Billboard Hot 100 com a banda com “Girls Like You”, está enrolando para dar sua resposta.

De acordo com a mesma publicação, Outkast, Usher, Nicki Minaj e Lauryn Hill são outros nomes cotados na lista de convidados do Maroon 5. A banda está disposta a fazer o melhor show possível, contrariando o abaixo-assinado com mais de 73 mil assinaturas que pede para que o Maroon 5 desista desse show.

Os bastidores do Super Bowl estão turbulentos. No ano passado, Justin Timberlake foi anunciado para o show de intervalo em outubro. Já é dezembro e tudo que existe sobre o Maroon 5 ainda é extra-oficial. Do mesmo jeito que a banda luta para encontrar participações especiais, a NFL também teve que lutar até chegar ao grupo do Adam Levine. Não era a primeira opção.

Rihanna puxou o bonde contra a NFL. A liga de futebol americano baniu o jogador Colin Kaepernick depois que ele se ajoelhou (ao invés de se levantar) durante o hino nacional em um jogo. A atitude dele foi para protestar contra a injustiça racial e a brutalidade policial contra negros nos Estados Unidos. Por isso, a cantora não aceitou fazer o show de intervalo, apesar da ótima visibilidade. O Super Bowl detém a maior audiência da TV americana. Nesta década, nenhuma de suas edições foi vista por menos de 162 milhões de telespectadores nos Estados Unidos.

Escrito por Leonardo Torres

Os 10 melhores clipes do segundo semestre de 2018

Youtuber Brent Rivera cria paródia de “thank u, next” da Ariana Grande