in

RESENHA: Pabllo Vittar coloca o Cine Joia a baixo na primeira noite da turnê “Não Para Não”

Pabllo Vittar deu início à sua nova turnê “Não Para Não” na noite de ontem, em São Paulo, com ingressos esgotados no Cine Joia. Na noite de seu aniversário, Pabllo não poderia ter recebido presente melhor de seus fãs: uma plateia cantando em uníssono todas as suas músicas e uma energia realmente contagiante e diferenciada.

Mateus Carrilho foi o responsável pelo show de abertura e agradou muito. O cantor apresentou quatro faixas de seu primeiro EP solo – “Não Nega”, “Sonzeira”, “Privê” e “Descendo a Ladeira” (que tem cara de hit) – e ainda incluiu “Faz Uó”, sucesso da Banda Uó, para os “Uózeiros” mais nostálgicos. O público da Pabllo dialoga muito bem com Mateus e, em sua primeira apresentação em São Paulo, ele mostrou um carisma e domínio de palco que tem tudo para se desenvolver e crescer ainda mais.

Já passava das 2:20 da manhã quando Pabllo Vittar finalmente subiu ao palco do Cine Joia. Ovacionada e usando uma peruca loira e bem comprida, a lá Ariana Grande, top prateado e calça preta, a drag queen foi super bem recebida pelo público, que já estava na espera há horas. “Buzina”, primeira faixa do álbum “Não Para Não”, foi a escolhida para o início do show e deu certo. A música é explosiva e os fãs estavam com a letra na ponta da língua!

Junto com seus bailarinos, Pabllo usou e abusou das coreografias. No palco, escolheu usar barras de leds e um telão ao fundo, que trazia seu nome em letras coloridas e vez ou outra alguns interludes com fotos e pequenos vídeos. A cantora fez questão de se conectar ao máximo com sua plateia, abaixou para falar com os que estavam na zona de gargarejo inúmeras vezes e ganhou um super “Parabéns Pra Você”, que foi cantado por todo o Cine Joia logo no início da apresentação.

O setlist, como já podíamos prever, foi como uma metralhadora de hits. Logo após “Buzina”, Pabllo engatilhou “Problema Seu”, primeiro single de “Não Para Não” e a catarse foi certa! Todo mundo cantando a plenos pulmões e muitos, muitos fizeram a coreografia da música sem erros!

Depois das novas, Vittar apostou em sucessos mais antigos e músicas do seu primeiro álbum, “Vai Passar Mal”, que foram recebidos com o mesmo entusiasmo. “No Chão”, “Nêga” e “Rainha”, uma versão de “Diva”, clássico de Beyoncé, ganharam performances poderosas. “Energia”, parceria da Pabllo com a americana Sofi Tukker, também ganhou espaço no show.

Mateus Carrilho, que foi o responsável pelo show de abertura, voltou ao palco para cantar “Corpo Sensual” e Urias foi recrutada para a performance de “Ouro”. Mas a grande parceria da noite ficou mesmo na conta do público, que não deixou uma música sequer sem um coro de fazer inveja. “Disk Me” e “Seu Crime”, talvez as favoritas de muitos fãs nesta nova fase, deixaram a gente com vontade de mais uns dez shows da Pabllo pelo menos até o fim de 2018!

Hoje, 2 de novembro, Pabllo Vittar volta ao Cine Joia para a segunda noite de turnê “Não Para Não” em São Paulo. Mais uma vez, os ingressos estão esgotados.

Escrito por Mari Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shawn Mendes mostra bastidores do clipe “Lost in Japan”

Em menos de 24h Henrique e Juliano alcançam + de 1 milhão de views em novo clipe; veja!