Lady Gaga posse Biden
Foto: Drew Angerer/Getty Images
in ,

Posse de Joe Biden: Lady Gaga cantará o hino e Jennifer Lopez fará performance

Saiba detalhes do momento histórico.

No dia 20 de janeiro vai acontecer a cerimônia de posse do novo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, com a vice Kamala Harris. Dessa vez, dá para esperar muitos representantes do pop. Como anunciado pela Variety, a responsável por cantar o hino dos Estados Unidos vai ser Lady Gaga. Vale lembrar que ela fez campanha ao lado do Presidente.

lady Gaga e Joe Biden
Foto: Drew Angerer/Getty Images

A cantora Lady Gaga já cantou o hinoThe Star-Spangled Banner” algumas vezes e ela arrasa. Relembre:

Outra representante do pop que estará por lá vai ser Jennifer Lopez, como uma porta-voz do povo latino. Ela deve cantar uma outra música tradicional americana – é claro que não vai ser a costumeira apresentação sensual que ela faz. O foco vai ser nos vocais.

A volta das celebridades na posse

Na posse anterior, de Donald Trump, as celebridades se negavam a aceitar o convite. Ele era (ou é) totalmente impopular e, caso alguém aceitasse, seria algo para queimar o filme. Na época, quem acabou cantando o hino foi Jackie Evancho, que ficou conhecida por participar do reality show America’s Got Talent. Ela ainda era menor de idade e afirmou que nãos sabia das polêmicas envolvendo os políticos.

Posses de Barack Obama

Nas duas posses de Barack Obama, presidente muito popular, as celebridades foram em peso. Quem cantou o hino foi Beyoncé. Na época, teve polêmica com dublagem, mas isso não tira a grandiosidade do momento.

Também teve a ícone e saudosa Aretha Franklin soltando a voz na tradicional “My Country, ‘Tis of Thee”, realmente icônico.

Outra que compareceu foi Kelly Clarkson, a queridinha da américa. Ela cantou em 2013 a mesma música que Aretha Franklin cantou em 2009.

Lady Gaga defende que Donald Trump seja impedido de se candidatar em outras eleições

Lady Gaga ativou seu lado mais político e foi bem sincera em se posicionar ao “ataque à democracia” promovido por Donald Trump e seus apoiadores. Ele perdeu as eleições presidenciáveis por por uma diferença de sete milhões de votos. No entanto, demorou para aceitar. Enquanto os dados diziam o contrário, ele alegava fraude nas eleições. Não houve prova disso e, como último ato de desespero, Trump incentivou seus apoiadores a protestarem, chegando ao vandalismo de invadir o capitólio, em Washington, no dia que o resultado seria oficializado.

Isso causou grande revolta e Lady Gaga está entre as celebridades que falaram sobre o assunto. Ela não só repudiou a atitude, como também sugeriu que Donald Trump seja impedido de se candidatar em futuras eleições.

“Espero que nos concentremos no impeachment de Trump para que o Congresso tenha autoridade constitucional para possivelmente desqualificá-lo de futuras eleições – a emenda #25 não o desqualifica. Ele incitou o terror doméstico – quanta violência mais precisa acontecer? Isso é terrorismo”, escreveu Gaga.

Escrito por Caian Nunes

Cardi B revela o custo de vários de seus videoclipes

Carnaval Rio de Janeiro

Folia duas vezes por ano: Rio de Janeiro oficializa Carnaval em julho todos os anos