in ,

Para o The Guardian, Anitta fala sobre pedidos de fãs para concorrer à Presidência do Brasil

Em mais um passo importante em sua carreira internacional, Anitta ganhou uma matéria especial no tradicional jornal britânico The Guardian e, entre outras coisas, comentou sobre os rumores de que concorreria à Presidência do Brasil, principalmente depois de aumentar o volume de suas opiniões políticas.

Anitta
(Foto: Divulgação)

Deixando claro que não aprova o atual governo do presidente Jair Bolsonaro, Anitta comentou sobre a vitória política que ela obteve ao debater com um deputado sobre uma lei que mudaria o pagamento de direitos autorais a artistas e a loucura que isso se tornou depois.

“Eu me senti como uma heroína”, afirmou a cantora sobre o fato do projeto de lei ter sido cancelado, uma vitória em favor dos artistas. “E então veio a parte louca”, completou ela.

Após uma pesquisa do jornal O Globo apontar Anitta como a terceira figura de maior influência política no Brasil, logo surgiram os pedidos para que ela se candidatasse à Presidência do país.

“Muitos jornalistas estavam me ligando, dizendo, ‘Você vai ouvir o povo e se candidatar?’ Eu falei, ‘Gente, eu só estou tentando ajudar! Calma!’, explicou Anitta, que completou: “A lei só te dá o direito de concorrer quando você tem 35 anos. Eu tenho 27!”

Posicionamento político de Anitta

A matéria do The Guardian explica que essa influência política de Anitta não veio gratuitamente e nem de forma rápida. A cantora só resolveu se pronunciar após cobranças por parte do público, principalmente após ela se omitir de se pronunciar sobre o atual presidente do Brasil, na época candidato, que se mostrava extremamente homofóbico e racista.

Apesar da demora, Anitta afirma que não se arrepende. “Eu não tenho qualquer vergonha nisso, porque tenho 27 anos.”

“Eu comecei a ter acesso a uma boa educação depois que consegui dinheiro, depois que aprendi – sozinha – como construir minha empresa, como gerenciar minha própria carreira. Eu acho que nunca é tarde pra isso. Eu tenho orgulho de mim mesma, que eu acordei e disse: ‘é importante eu me envolver'”, concluiu.

“Girl From Rio”

Anitta aparece toda de plumas roxas
Foto: Divulgação

Claro que o The Guardian não falou só de política com Anitta, que está preparando o lançamento de seu primeiro álbum internacional, predominantemente em inglês e espanhol.

E sobre esse projeto, o jornal britânico destacou uma música em especial: “Girl From Rio”. A faixa é descrita como um R&B todo em inglês que usa sample de “Garota de Ipanema”, clássico de Tom Jobim.

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“WAP”: Música de Cardi B e Megan Thee Stallion quebra recorde no YouTube e cresce no Spotify

Ludmilla no clipe de "Cobra Venenosa"

“Pecado”: Ludmilla regrava clássico em espanhol para trilha sonora de filme