in ,

Pabllo Vittar fala sobre adiamento do Coachella por causa do Coronavirus; Datas da “111 Tour” no exterior seguem mantidas

O primeiro semestre de 2020 tinha tudo para ser histórico para Pabllo Vittar. A drag queen está pronta para fazer essa história com sua primeira grande turnê internacional, mas aparentemente seus planos terão que ser adiados. Infelizmente, por conta do avanço do Coronavírus pelo mundo, as datas da “111 Tour” estão ameaçadas.

A primeira grande baixa veio nesta terça (10) com o adiamento do Coachella para outubro. Pabllo seria a primeira drag queen a levar um show completo para o palco de um dos festivais mais relevantes. Ela se apresentaria nos dois finais de semana, na mesma noite da Anitta. Agora, os planos terão que ser adiados. Ao POPline, Pabllo falou pela primeira vez sobre o assunto: “Tivemos esse imprevisto do Coronavírus, com isso o mais importante é a segurança e saúde de todos que deve vir sempre em primeiro lugar”. A região onde acontece o festival registrou os primeiros casos essa semana – a Califórnia é o estado mais populoso dos Estados Unidos.

As duas primeiras datas da “111 Tour” estão marcadas para as edições chilena e argentina do Lollapalooza, que acontecem nos dias 28 e 29 de março, respectivamente. Antes de regressar ao Brasil, para a edição paulista do festival em 05 de abril, a dona do hit “Amor De Que” tem agenda de shows por outros países da América do Sul, incluindo Uruguai, Peru e Colômbia. Em seguida, ela seguirá para os Estados Unidos e Canadá. Sem o Coachella, ela ainda tem 5 datas agendas no país. Também há shows no Canadá e México. A perna europeia da turnê está prevista para junho – Itália, país do continente que mais sofre com a enfermidade e está isolado do mundo – recebe Pabllo no dia 04/06.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com adiamento do Coachella, Anitta deve mudar sua estratégia de lançamentos para 2020

Ecad: vítima, herói ou vilão?