in

Mulher que processa Usher por adquirir herpes fala à imprensa: “ele nunca mencionou que tem DST”

Uma ação ação judicial está sendo realizada contra Usher por duas mulheres e um homem que alegam ter adquiro herpes do cantor após relação sexual.

Nesta segunda-feira (07) uma dessas mulheres, Quantasia Sharpton, falou em uma coletiva de imprensa sobre o assunto. Ela explica que estava em um show do Usher quando foi escolhida na multidão, ele obteve seu número e então foram ao hotel onde se relacionaram sexualmente. Não foi mencionado que ele contém herpes genital.

Ainda contando detalhes, Quantasia estava celebrando seu aniversário de 19 anos e usava uma coroa, foi quando um seguração a abordou. Mesmo que seu exame para herpes tenha dado negativo, ela alega que ainda se sente violada.

Além de dinheiro para cobrir danos emocionais e gastos médicos, os acusados também querem uma decisão do juiz para que Usher revele sua condição nas suas relações sexuais futuras.

De acordo com a ação judicial obtida pelo TMZ, todos os três alegaram que “Usher é uma celebridade reverenciada para eles e por por isso acreditavam que poderia ser amado e confiado”. É importante ressaltar que o processo baseia-se em notícias que Usher tem DST e que ele estabeleceu um processo de herpes por US$ 1,1 milhão há alguns anos.

O termo reivindica que as duas mulheres e o homem sofreram sofrimento emocional severo, depressão e ansiedade. Também diz que eles viveram constrangimento, vergonha e repugnância.

Usher não se pronunciou sobre o assunto.

Escrito por Caian Nunes

Em entrevista à Karol Conka no GNT, Anitta dispara: “não se compra o sucesso”

Após rumores, Fifth Harmony confirma capa do novo álbum