Foto: reprodução/ Lorena Simpson Instagram
in

Lorena Simpson fala de relação profissional com Mister Jam: “Fui ameaçada”

Na noite desta quinta-feira (08/10), a cantora Lorena Simpson gravou um vídeo relatando a sua relação profissional com Mister Jam, produtor e empresário acusado, por Francinne, de relacionamento abusivo.

Na publicação, a cantora conta como Mister Jam foi importante no começo de sua carreira, mas que após desentendimentos profissionais e o rompimento com o produtor, ele a ameaçou:

“Depois de um tempo, passaram a acontecer coisas com as quais eu não concordava e eu passei a me sentir insegura de trabalhar com essa pessoa. E, ao anunciar o rompimento com essa pessoa, começaram os abusos. Sim, ameaça é abuso. E eu fui ameaçada de ter minha carreira destruída, de ter meu nome queimado no mercado, de minhas músicas serem retiradas do ar e de eu nunca mais conseguir subir em palco nenhum para cantar”, relatou Lorena.

Foto: reprodução/ Instagram @lorenasimpson

Ao comentar o caso de Francinne, ela pediu para que as pessoas tenham empatia e compaixão. “Eu sei o que é, perfeitamente, o que é ver seu sonho ameaçado e destruído por alguém”, disse a cantora que voltou a trabalhar com Mister Jam após o rompimento inicial.

“Uma tristeza enorme e uma decepção gigantesca. Eu não estou aqui para julgar e atacar ninguém. Estou aqui para me libertar, para falar de algo que aconteceu comigo e, na época, não tive coragem de falar, mas agora eu tenho”

Lorena reiterou a importância de debater o assunto “para que a gente consiga evoluir como pessoa e sociedade”. Confira o relato completo:

Mister Jam se pronuncia sobre o caso Francine

Na sexta-feira (07) a cantora Francinne usou suas redes sociais para publicar um desabafo em vídeo. Sem citar nomes, ela contou que conseguiu sair de um relacionamento abusivo. Posteriormente, o jornalista Leo Dias deixou bem claro que se tratava de Fábio Almeida, mais conhecido por Mister Jam, que é compositor, DJ, cantor e empresário de pop.

O Portal POPline procurou Fábio Almeida para que ele desse seu lado da situação. A resposta foi curta, mas ficou claro que tudo está sendo tratado de forma oficial, na justiça.

“Fomos surpreendidos com uma avalanche de acusações infundadas, que tentam prejudicar minha imagem como empresário, além do natural abalo emocional enquanto ser humano. Meus advogados já estão atuando e me pediram que não me alongue no assunto. Como em vários outros casos similares, demonstraremos no foro correto a realidade dos fatos”.

Mais cedo, Wanessa Camargo revelou interrompeu trabalhos com Mister Jam – ele era empresário dela. A decisão foi feita imediatamente após ela ficar sabendo das denúncias de comportamento abusivo vindas de Francinne.

Fábio Almeida começou em 1996 como parte da banda Mr. Jam. Hoje, esse é o nome que leva para a sua carreira solo. Já trabalhou com Kelly Key, Jota Quest, Michel Teló, Latino, entre outros.

O desabafo de Francinne

Em vídeo, publicado por ela no Instagram, Francinne, que já foi conhecida também como a cover oficial de Britney Spears no Brasil, afirmou “Eu sobrevivi a um relacionamento abusivo!”.

Muito emocionada, Francinne relatou sua experiência com um relacionamento anterior, que ela descreve como ter sido e ainda é muito traumático pra ela, mas em nenhum momento confirma o nome dessa pessoa, que protagonizou toda essa série de abusos.

É um assunto que tira minha paz, tira meu sono, e eu preciso falar, preciso botar pra fora”, afirma Francinne, no início do vídeo. “Eu vivi muito tempo da minha vida num relacionamento extremamente abusivo. Abusivo de todas as formas possíveis, controlador, agressivo, violento”, continuou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Francinne (@francinneoficial) em

Escrito por Douglas Françoza

Pabllo Vittar convida atleta mirim, impedida de competir por ser trans, para o dance vídeo de ‘Rajadão’

Francinne diz que a empresa de seu ex, Mister Jam, pediu a retirada de suas músicas das plataformas