Alcoólicos Anônimos
Foto: Divulgação
in ,

Liam Payne fará filme contando experiência no Alcoólicos Anônimos

O próprio Liam Payne será um dos personagens.

Liam Payne tem sido bem aberto recentemente sobre seus problemas com vício em álcool. Ele chegou a participar de grupos do Alcoólicos Anônimos (comunidade com carácter voluntário de homens e mulheres que se reúnem para alcançar e manter a sobriedade através da abstinência total de ingestão de bebidas alcoólicas) com o objetivo de superar o problema. No entanto, no caso dele pode tirar o “anônimos”, já que ele já deixou a situação pública e deixará mais ainda.

Prova disso é que fará um filme curta-metragem mostrando sua experiência no Alcoólicos Anônimos. Em recente entrevista, ele explicou que escreveu um pequeno roteiro de comédia sobre sua experiência, que espera transformar em filme, e explicou que um personagem é baseado em si mesmo. Portanto, não será um filme pesado, apesar do tema ser bem pesado.

Alcoólicos Anônimos
Foto: trwm Magazine

Ainda não há previsões para o filme, mas é um dos próximos projetos de Liam Payne. Ainda na mesma entrevista, ele revelou os detalhes do AA.

Havia todo mundo, de guardas de prisão a ex-soldados, carteiros e lixeiros, eu e Russell“, soltou ele citando Russell Brand, ex-marido de Katy Perry. “Era a sala mais estranha… Ficávamos em uma antiga sala de igreja da comunidade e ele fazia stand-up em uma cadeira“, soltou, contando que o colega é humorista.

Ele admite que ainda não falou com Russel sobre filme. “Não vou entregar o roteiro e não falei com Russ sobre isso ainda. Mas eu sou um dos personagens“, explicou.

Liam Payne e o alcoolismo

Seu alcoolismo aconteceu no auge do One Direction e foi uma consequência da fama, que impedia os artistas de saírem e se divertirem. Segundo Liam, a única maneira segura de proteger o grupo era manter cada um preso em seu quarto no hotel.

“O que há no quarto? Um mini bar. Então, a certa altura, pensei: ‘vou dar uma festa para mim’. E isso pareceu durar muitos anos da minha vida. Foi selvagem. Mas era a única maneira de poder se livrar da frustração”, contou.

Existem algumas fotos que mexem com ele até hoje. “Umas fotos minhas em um barco. Eu estava todo inchado. Chamo de ‘minha cara de comprimidos e bebida’. Meu rosto estava dez vezes maior do que agora”, lembrou.

Liam Payne foi bem sincero. “Eu fiz minhas próprias escolhas na vida sendo um alcoólatra e muito mais. Essas foram as minhas escolhas, então, não precisa ser lamentável, assim como se houvesse um sacrifício. E eu sei o que eu sacrifiquei para estar aqui“.

Ele admite que não queria procurar ajuda profissional: “Eu não queria ir para terapia, isso é algo que você precisa querer pois não adianta te empurrarem para isso, é como a sobriedade você precisa querer isso. Dessa vez eu estou me fazendo ir para terapia, mesmo que dentro de mim uma parte não queira.”

Escrito por Caian Nunes

Álbuns pop de sucesso

Levitating: Dua Lipa é #1 nas rádios e iguala com Selena Gomez

Ariana Grande tem número impressionante no Spotify