in ,

Lea Michele responde sobre acusações de racismo feita por colegas pretos de “Glee” e pede desculpas

Enquanto muitos saem às ruas em protesto antirracista e vários artistas demonstram seu apoio aos movimentos, sejam participando das marchas ou em seus canais online, Lea Michele, cantora e atriz protagonista da série “Glee”, teve seu apoio ao Black Lives Matter ofuscado por acusações de racismo feitas por colegas de elenco.

Lea Michele responde acusações de racismo e pede desculpas
Foto: Divulgação

Assim como inúmeros artistas, Lea Michele também utilizou de suas redes sociais para demonstrar seu apoio aos movimentos antirracistas que ganharam ainda mais força após o assassinato de George Floyd, cidadão preto norte-americano, por um policial branco.

Mas a atitude de Lea logo se virou contra ela quando colegas de elenco, em especial a atriz Samantha Marie Ware, acusaram a cantora de ter atitudes racistas.

“Rindo alto. Você se lembra quando transformou em um inferno minha primeira experiência na TV? Porque eu nunca vou esquecer. Eu acredito que você falou para todos que, se tivesse a oportunidade, ‘cagaria na minha peruca’. Entre outras traumáticas pequenas agressões que fizeram eu questionar minha carreira em Hollywood”, escreveu Samantha Marie Ware.

Perda de contrato

As acusações contra Lea Michele neste delicado momento que o mundo vive já surtiu efeito. A atriz e cantora já perdeu um contrato de publicidade com uma marca de alimentos, a HelloFresh, que não admite que seu nome se envolva em polêmicas de tal gênero.

“Levamos isso muito a sério e encerramos nossa parceria com Lea Michele, com efeito imediato“, afirmou a empresa em comunicado.

Resposta de Lea Michele

Lea Michele
Foto: Divulgação

Tudo isso levou Lea Michele a precisar se pronunciar sobre suas próprias atitudes e a cantora se mostrou bastante ressentida de suas ações imaturas anteriores e prometeu agir de forma melhor a partir de agora, pedindo desculpas a todos que sofreram com seus atos.

Confira o comunicado completo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Lea Michele (@leamichele) em

Uma das mais importantes lições das últimas semanas é que precisamos parar para ouvir e aprender sobre as perspectivas das outras pessoas e qualquer papel que tenhamos tido ou qualquer coisa que possamos fazer para ajudar a falar sobre as injustiças que eles enfrentam.

Quando eu tuitei no outro dia, foi com o intuito de mostrar apoio aos nossos amigos e vizinhos e comunidades pretas durante este período realmente difícil, mas as respostas que recebi para o que postei também me fizeram focar especificamente em como meu próprio comportamento em relação a colegas de elenco era percebido por eles.

Enquanto eu não lembro de ter feito essas afirmações específicas e não ter nunca julgado outros por sua história ou cor de sua pele, isso não é importante, o que importa é que eu claramente agi de forma que machucou outras pessoas. Tenha sido minha posição privilegiada e a perspectiva que me fizeram ser percebida como insensível ou inapropriada às vezes ou tenha sido apenas minha imaturidade e eu sendo desnecessariamente difícil, eu peço desculpas por meu comportamento e por qualquer dor que tenha causado.

Nós todos podemos crescer e mudar e eu definitivamente usei esses últimos meses para refletir sobre minhas próprias falhas.

Eu estou a poucos meses de me tornar mãe e eu sei que preciso continuar trabalhando para melhorar e tomar responsabilidade sobre minhas ações, para que eu possa ser um verdadeiro modelo para meu filho e para que eu possa passar minhas lições e erros, para que eles possam aprender de mim.

Eu ouvi essas críticas e eu estou aprendendo e enquanto eu estou muito arrependida, eu irei ser melhor no futuro por causa dessa experiência.

Escrito por Kavad Medeiros

Entrevista: Após fim do UM44K, Luan fala de carreira solo e relação com Saulo Poncio

Ivete Sangalo

“Arraiá da Veveta”: Ivete Sangalo anuncia nova live temática