in ,

Katy Perry sobre pressão por números: “O negócio vem depois da música”

Ao lado de Alesso, cantora falou sobre a música “When I’m Gone”

Foto: @katyperry Instagram

Katy Perry e Alesso conversaram com jornalistas brasileiros sobre o single “When I’m Gone“, lançado no início do ano com um clipe cheio de elementos futuristas, coreografia e cabelos escuros (escolha comemorada pelos fãs da artista).

Leia mais: 

Foto: @KatyPerry (Instagram)

Em coletiva de imprensa, a cantora e o DJ falaram sobre o processo de produção da faixa, no conceito desenvolvido para o clipe. Respondendo ao POPline, Katy falou sobre como lida com a pressão por números após tantos anos de carreiras e vários hits no topo das paradas. “Você tem que acreditar no seu instinto”, disse a cantora sem pestanejar.

“Todo mundo tem uma reação diferente [à música] então se a gente gosta, nos sentimos bem, tem esse sentimento sobre ela… Não será a mesma coisa pra todos, mas pelo menos seguimos o nosso instinto“, continuou.

Consolidada como uma das maiores divas pop de uma geração, Katy Perry explicou que ganhou com o passar do tempo. “Acho que depois desse tempo todo, acho que temos um pouco de liberdade de fazer isso ao invés de jogar o jogo ou pensar no lado do mercado”, explicou.

“O lado do negócio vem depois da música, você tem que pensar na estratégia de lançamento, foi o que fizemos com a estreia na ESPN“, disse ela, mencionando a estreia exclusiva do videoclipe de “When I’m Gone” no Nacional de Futebol Americano Universitário exibido no canal esportivo ESPN

Katy Perry e Alesso. Foto: Reprodução de vídeo

“Apenas esperando ganhará maior exposição, mas é realmente sobre a música e o sentimento que você tem quando ouve a música e te transporta para um mundo, e esse mundo é sexy, de desejo, uma música para se perder, tomar uns drinks. O que eu não faço sempre, necessariamente“, continuou a cantora, mãe de Daisy Dove Bloom.

“Muitas pessoas diriam que eu sou mais conhecida por músicas de empoderamento, inspiradoras, mas de tempos em tempos eu gosto de puxar essa carta e esse foi o tempo perfeito para fazer isso”, finalizou.

Alesso concordou com sua parceira de trabalho. “Eu nunca escolho pela música que vai ser mais estratégica. É realmente amor pela música e colaborar com artistas que são apaixonados e que se divertem”, complementou o DJ.

Confira um trecho da resposta:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por POPline 🎧 (@portalpopline)

Escrito por Douglas Françoza

“Foi muito nada a ver”, diz Natália sobre affair com Eli no BBB22

Boys Don’t Cry: Raphael Vicente é notado por Anitta após recriar clipe