Capa do novo álbum do Red Hot Chili Peppers | Foto: Divulgação
in ,

John Frusciante, Red Hot Chili Peppers e as 34 faixas inéditas em 2022

Banda anunciou novo álbum para o dia 14 de outubro e deixa a fanbase em polvorosa com tanta música!

Desde que o Red Hot Chili Peppers anunciou o tão esperado retorno de John Frusciante a banda, rolou uma alteração no eixo da terra e os caras não estão deixando a fanbase descansar com tanta novidade! O último anúncio deles, por exemplo, dá conta de que um novo álbum será lançado no dia 14 de outubro, ou seja, também este ano, com o nome de “Return of the Dream Canteen”. O lançamento chega pouquíssimo tempo depois do mais recente disco do caras, “Unlimited Love”.

LEIA MAIS:

Uma declaração oficial da banda (via Pitchfork) esclarece que ambos os álbuns foram gravados de forma conjunta, após a aguardadíssima reunião dos músicos com o guitarrista John Frusciante.

“Quando tudo estava acabado, percebemos que tínhamos muitas músicas, e não sabíamos bem o que fazer com elas. Bom, eis o que decidimos: dois álbuns duplos, igualmente significativos. ‘Return of the Dream Canteen’ é tudo o que somos e tudo o que já sonhamos em ser. É feito com o sangue dos nossos corações”, diz o texto.

Música já nesta semana?

Há quem diga que sim. E a especulação foi posta na nossa mesa pelo Twitter do RHCP Brasil.

Os detetives virtuais não pararam aí não. Especula-se também, que as 5 faixas do lado C do LP de “Return of the Dream Canteen” sejam as seguintes:

C1 – Afterlife – 4:13
C2 – Shoot Me a Smile – 3:43
C3 – Handful – 4:01
C4 – The Drummer – 3:24
C5 – Bag of Grins – 5:05

Enfim, gente. O fato é que – ao todo – poderemos gozar de 34 faixas inéditas “…and counting”, pois se tratando dos Chili Peppers, podemos esperar tudo, até um terceiro álbum em um ano. Vai que eles querem pedir música no Fantástico?!

Escrito por Magda Pinheiro

O caminho de Gloria Groove até a apresentação do “Música Boa Ao Vivo”

Manu Gavassi declara apoio ao Lula durante 1° show da nova turnê

Manu Gavassi é processada após apoio a Lula em show: “showmício disfarçado”