Iggy lançou novo álbun
Foto: Reprodução Instagram @thenewclassic
in ,

Iggy Azalea: “meus fãs gays não querem músicas sobre amamentação”

Rapper quer fazer músicas que os fãs se identificam.

Iggy Azalea recentemente lançou seu novo álbum, o “The End Of An Era“, que vai ser o último antes de uma longa pausa na música. Atualmente, ela vive uma fase muito diferente na vida, já que se tornou mãe. No entanto, ela fez questão de ressaltar que não colocou seu novos estilo de vida nas novas faixas. A rapper acha que seus fãs, predominantemente jovens homossexuais, não querem saber disso.

Foto: Reprodução Instagram @thenewclassic

Iggy Azalea faz músicas que os fãs gostam

Ela explica: “Meus fãs são muito mais novos que eu, e seu falasse sobre meu bebê ou maternidade, eu não acho que há muito que eles consigam se relacionar com isso. Eu acho que é mais divertido e interessante falar sobre qualquer festa tipo, somente uma noite que eu usei drogas com meus amigos e saí para a praia para brigar com uma garota. Isso é algo que você faria quando está nos 20 anos“.

Mesmo depois da maternidade, a rapper disse que chegou a ir a festas, mas percebeu que não é mais sua vibe. “Eu já estive em festas por alguns dias e eu me dei conta que eu me cansei disso. Eu odeio os caras que eu falei, nem tenho certeza se eu gosto dos meus próprios amigos“, soltou.

Como uma artista, seu objetivo não é refletir sua própria vida, mas apresentar um material que o público goste. “Apesar disso, eu dou uma perspectiva mais madura desse tipo de coisa que meus fãs estão fazendo agora. É o tipo de coisa que um jovem gay de 21 anos gostaria de ouvir e não sobre amamentar meu bebê às 2 da manhã. Eles não ligam para isso. Eu nem digo que não existem pessoas que gostariam, mas é meu trabalho fazer o que eles gostam“, completou.

Leia Mais: 

Veja a entrevista completa:

Escrito por Caian Nunes

Garbage faz nova versão de “Androgyny” para 20 anos do “Beautifulgarbage”

Marcas escolhem Liniker e Seu Jorge como embaixadores

Marcas escolhem Liniker e Seu Jorge como embaixadores