Menu
in ,

Harry Styles domina o Spotify Global com a estreia do álbum “Harry’s House”

Disco foi lançado nesta sexta-feira (20), e se tornou o quinto maior debut da história da plataforma

Harry Styles. Foto: Instagram @harrystyles

Ele sabe que venceu! Harry Styles tem muitos motivos opara comemorar, já que a recepção de seu novo álbum, o “Harry’s House”, foi um verdadeiro sucesso. Os números podem provar. Em apenas 24h, o disco, que sucede o aclamado “Fine Line”, de 2019, se tronou uma das maiores estreias mundiais de todos os tempos do Spotify, colocando o britânico no topo de vários países.

Harry Styles. Foto: Instagram @harrystyles

Leia Mais:

Acumulando um total de 97.6 milhões de streams – em apenas um dia – o disco emplacou todas as 13 faixas no topo do Spotify Global. O mesmo fato se repetiu na plataforma nos Estados Unidos e no Reino Unido, por exemplo. E os feitos não param por aí. Com o acumulado em 24h, o “Harry’s House” se tornou a quinta melhor estreia global na história da plataforma de áudio.

Veja o Top 5:



#1. “Certified Lover Boy”, Drake: 155M
#2. “Un Verano Sin Ti”, Bad Bunny: 146M
#3. “Scorpion”, Drake: 132M
#4. “Mr. Morale & the Big Steppers”, Kendrick Lamar: 100M
#5. “
Harry’s House”, Harry Styles: 97M

À nível mundial, “As It Was”, lead single do disco lidera o chart, seguido das faixas “Late Night Talking”, “Music For a Sushi Restaurant”, “Grapejuice”, “Matilda”, “Little Freak”, “Daylight”, “Cinema”, “Daydreaming”, “Love Of My Life”, “Satellite”, “Keep Driving” e “Boyfriends”.



O mesmo se repetiu no Brasil, viu? Por aqui Harry Styles colocou todas as faixas dentro do Top 70 do Spotify, sendo sete delas no ranking das 50 mais executadas.Foram mais de 4.7 milhões de streas em apenas um dia de contagem! Com isso, o disco ocupa, atualmente, a posição de número qutro entre as melhores estreias de álbuns no nosso país.

#1. “Chromatica”, Lady Gaga: 7,7M
#2. “Versions Of Me”, Anitta: 6,05M
#3. “Juliette”, Juliette: 5,9M
#4. “
Harry’s House”, Harry Styles: 4,7M
#5. “Máquina do Tempo”, Matuê: 4,7M

Foto: Divulgação


Lançado nesta sexta, “Harry’s House” soa honesto, ousado, popular e bastante original. Por vezes bebendo das fontes do rock, R&B, folk pop, o disco mergulha na cena oitentista da música, embora super atual. 

Não é a toa que o compacto foi dividido em duas partes, viu!? Enquanto o Lado A entoa faixas dançantes e otimistas como “Music For a Sushi Restaurant”, que marca uma curiosa abertura, “Late Night Talking” “Grapejuice” até chegar na já aclamada “As it Was”, o Lado B, aguça uma faceta ainda mais artística (na raiz da palavra) do cantor. A b-side se propõe a apresentar canções mais sutis como “Satellite” “Boyfriends”.



Escrito por Leonardo Rocha