anitta-ret
Foto: @filiperet (Twitter)
in ,

Filipe Ret conta como foi gravar clipe com Anitta: “eu só banquei”

Ouça “Tudo Nosso”!

O novo álbum de Filipe Ret, “Lume“, acaba de chegar nas plataformas de áudio. O disco entrega novas parcerias do ícone do trap nacional, entre elas a mais comentada é a faixa com Anitta – que se arriscou no rap mais uma vez, rimando versos cortantes na faixa “Tudo Nosso“. Em sua nova colaboração, a garota do Rio canta sobre sua trajetória de sucesso, se colocando no lugar de precursora e rebatendo os haters. 

Filipe Ret. Foto: Divulgação

LEIA MAIS: 

“A Anitta fez uma participação em um trap com o Papatinho. Depois que eu ouvi o trap, eu imaginei ela rimando em uma coisa mais agressiva, mais Cardi B”, contou Filipe Ret em entrevista ao POPline. Ele disse que escreveu os versos e mandou para a cantora, que logo encontrou um espaço em sua agenda internacional para gravar a música. “Abaixei minha bola, cantei gostosinho e foi estratégico para ela brilhar mesmo na faixa (…) Deixei ela ser a agressiva da faixa. Ela ficou super amarradona, pegou a música para ela e dominou a porra toda”, elogiou o cantor.

> ENTREVISTA: Filipe Ret está mais “explícito” em “Lume”, seu novo disco

OUÇA “Tudo Nosso”:

Gravação do clipe

A faixa “Tudo Nosso” deve ganhar um clipe em breve. Como de costume, Anitta comandou toda a filmagem da peça. “Ela fez quase que o clipe todo, eu só banquei, só cheguei e botei o dinheiro”, contou Filipe. “Ela resolveu o clipe“.

“Foi ótimo ter trazido ela. Ela foi realmente a que mais entregou no disco. Como um todo, ela foi a mais aplicada. Se eu fizesse um clipe com o Maneirinho ou com o Poze, eles não iam pegar o clipe igual ela pegou (risos).”

filipe-ret-anitta
Fotos: captura/Filipe Ret @FilipeRet (Twitter)

O rapper disse que a liderança e a agilidade de Anitta durante o processo poupou tempo de trabalho. “Em certo momento, eu vi que ia ser assim e foi ótimo ela ter pegado o controle da parada, porque andou muito mais rápido. Ninguém perdeu tempo, foi pa-pum (…) E ela foi super atenciosa com detalhes artísticos. Foi uma aula“, relatou o dono da gravadora NadamalRecords.

“É muito maneiro trazer a Anitta para me ajudar a prosperar o trap, para mexer esse caldo junto”.

Anitta também é uma cria

Ret analisa que entregou uma das melhores rimas do disco para a voz de “Envolver”.

“Quando eu fui escrever para ela, eu tive que advogar ela. Eu estava no avião e falei ‘pô, eu preciso escrever essa p*rra para Anitta, eu tenho que amassar, tenho que convencer ela’. Fui advogando ela na letra, botei Honório [Gurgel, bairro da cantora] (…) e, no final, a minha melhor rima foi a da Anitta (risos)”. 

Foto: @stefflima

Para o astro do rap nacional, Anitta é uma “cria” e representa o rap e os gêneros musicais urbanos através de suas atitudes e de uma carreira triunfal.

“É incrível o que ela faz. Ela, realmente, rebola a bunda, seduz, só que ao mesmo tempo o cérebro dela está muito a frente. E ela é muito rap, ela é muito trap. De onde ela veio, para onde ela foi, é rap pra c*ralho, atitude pra c*ralho que ela tem. Ela é cria!”

Ideias de outras colaborações entre os dois não são descartadas. Segundo Ret, escrever uma letra para a cantora é uma tarefa fácil. “Ela tem uma gama de argumentos muito extensa. Foi fácil, de certa forma, escrever. Ela pode falar que ela é milionária, que ela tem casa em Miami, que ela é p*ka”.

 

Escrito por Douglas Françoza

Filipe Ret está mais “explícito” em “Lume”, seu novo disco com participação de Anitta

Power Couple forma nova DR; veja casais que estão na berlinda!

Power Couple forma nova DR; veja casais que estão na berlinda!